Jovem se recusa a devolver tornozeleira eletrônica à Justiça - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

PARANÁ

Jovem se recusa a devolver tornozeleira eletrônica à Justiça

Foto por Imagem ilustrativa
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Um homem de 25 anos que utiliza tornozeleira eletrônica respondendo em liberdade provisória por ter agredido a própria mãe, se recusa a devolver o aparelho de monitoramento à Justiça. O caso foi registrado em Ponta Grossa.

Depois de ser intimado para devolver a tornozeleira, o suspeito entrou em contato com o Juizado de Violência Doméstica e Familiar, se recusando a fazer a devolução. De acordo com ele, o monitoramento “foi a melhor coisa que aconteceu na vida”, pois o impede de ficar na noite, incomodar a mãe e ser preso novamente.

Conforme apurou o portal G1, o suspeito foi orientado várias vezes pelo analista judiciário e pela assistente social a devolver a tornozeleira, mas ele se negou. O magistrado Luiz Carlos Fortes Bittencourt negou a manutenção da tornozeleira e o jovem foi intimado a devolver o aparelho, caso contrário, poderá responder por crime de apropriação ou desobediência.


Com informações G1.

Deixe seu comentário sobre: "Jovem se recusa a devolver tornozeleira eletrônica à Justiça"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Todos os candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.