Paraná

Homens são detidos tentando comprar votos com vale-cerveja

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Homens são detidos tentando comprar votos com vale-cerveja
fonte: Arquivo/Agência Brasil
Homens são detidos tentando comprar votos com vale-cerveja

No domingo (15), em 116 cidades do noroeste do Paraná mais de 1400 policias militares atuaram pela segurança das eleições. Ocorreram várias denúncias de compra de voto, propaganda irregular, boca de urna e ameaças a candidatos e eleitores. 

continua após publicidade

Cerca de 10 pessoas foram presas. Em Marialva, duas pessoas foram presas por desacatarem um juiz. Em Tapejara, outro foi detido por distribuição de panfletos. Em Goioerê, dois foram presos por transporte de eleitor e uma mulher por compra de voto. 

Já em Nova Aliança, a irregularidade registrada foi diferente. Os dois detidos tentaram conseguir votos de eleitores com 152 vales-cerveja. Em Guairaça, houve ameaça a eleitor com arma de fogo e agressões. 

continua após publicidade

Outra pessoa foi presa em Iretama com 300 santinhos de candidato. Em Perobal também houve detido com santinho. 

Um eleitor foi preso em Icaraíma por tentar votar duas vezes. Em Colorado, houve tiroteio em uma reunião de candidato e em Santo Inácio, uma candidata fez boletim de ocorrência, alegando estar recebendo ameaças por telefone. 

Com informações; GMC