Paraná

Homem morto em confronto com a PM estava aplicando golpe em apucaranenses

Da Redação ·

O chefe de uma quadrilha, Alex Martins de Oliveira, de 43 anos, morto no último sábado (09) em Londrina, estava envolvido em um golpe contra moradores de Apucarana. Conforme foi revelado pela polícia, Oliveira, acompanhado de dois comparsas que já estão presos, chegou a aplicar o golpe em no casal. O plano consistia na venda de um automóvel, avaliado em R$ 25 mil. O carro era usado como isca para um assalto.  

continua após publicidade

O crime  ocorreu na Zona Leste de Londrina, próximo ao Jardim Bussafe. O casal teve R$ 25 mil levados pelos assaltantes  no local  combinado para a entrega do carro. Entretanto, os assaltantes foram surpreendidos pela PM, que recuperaram o dinheiro das vítimas. 

O confronto ocorreu durante a fuga, quando o detido não acatou a voz de abordagem efetuada pela PM, durante uma perseguição pela  Avenida Dez de Dezembro. Quando parou o carro, na rodovia  Carlos João Strass, o homem teria descido do veículo apontando sua arma em direção aos policiais. A polícia como resposta à ameaça teria baleado o criminoso,  que mesmo sendo atendido pelas equipes do Siate e Samu, faleceu no local. 

continua após publicidade

De acordo com a Polícia, o sujeito já tinha antecedentes por furtos e golpes.  Durante a operação, foi apreendido pela polícia um revólver de calibre 38.

Segundo  o depoimento dos criminosos,  os detidos revelam que  Alex Martins de Oliveira, era o líder da quadrilha de golpistas. Ele  era o responsável pelas negociações dos golpes que eram aplicados pela quadrilha e também era quem fornecia as armas utilizadas nos crimes

 

Homem morto em confronto com a PM estava aplicando golpe em apucaranenses fonte: Foto: Site 24HS