Homem condenado por estupro é absolvido após DNA apontar sua inocência - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Paraná

Homem condenado por estupro é absolvido após DNA apontar sua inocência

Foto por Getty Images/BBC
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Um homem que foi condenado a 14 anos de prisão pelos crimes de estupro e roubo foi absolvido após um exame de DNA apontar sua inocência. 

O crime aconteceu em Ponta Grossa, em outubro de 2016 e o homem estava preso desde a época do crime. O homem foi absolvido após realizar um exame de DNA e o Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, constatar que ele não cometeu o crime no qual foi acusado e condenado em 2016. 

De acordo com informações da Defensoria Pública, o homem foi condenado após ser reconhecido pela vítima um hora depois do ocorrido, porém a DPF-PR afirmou que as características do jovem de 28 anos não batiam com as informações prestadas pela vítima do estupro. 

A  Defensoria Pública solicitou a comparação do material genético colhido após o crime com o do homem que havia sido condenado. O resultado do exame constatou que o material que estava armazenado no Instituto Médico-Legal (IML) era incompatível com o do rapaz que estava preso.

"A gente não sabe quais informações que foram repassadas para essa vítima, mas no momento do reconhecimento pessoal, apenas foi colocado ele em frente à vítima, sem qualquer outra pessoa. A vítima, que estava com o estado emocional afetado, acabou o reconhecendo como sendo o seu agressor ", afirmou a defensoria da vítima. 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
TNTV
TribunaPlay

Confira o Jornal da Tribuna desta terça-feira

Deixe seu comentário sobre: "Homem condenado por estupro é absolvido após DNA apontar sua inocência"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.