Paraná

Grávidas que receberam vacina devem ser monitoradas

Uma nota técnica deve ser emitida pelo Governo do Estado

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Grávidas que receberam vacina devem ser monitoradas
fonte: Divulgação/AEN
Grávidas que receberam vacina devem ser monitoradas

O governador do Paraná Carlos Roberto Massa Junior, disse em uma entrevista no início da tarde desta terça-feira (11), à RPC que a Secretaria de Saúde vai acompanhar as orientações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

continua após publicidade

Na segunda-feira (10) a Anvisa recomendou a  suspensão imediata do uso da vacina Covid-19 da AstraZeneca/Fiocruz em mulheres gestantes. A orientação está em Nota Técnica emitida pela Agência a partir desta-terça-feira (11). 

 

Grávidas que receberam vacina devem ser monitoradas fonte: Reprodução
continua após publicidade

Ratinho Junior disse que as grávidas que receberam a vacina da AstraZeneca devem ser monitoradas, mas que nenhum problema foi relatado no Paraná até o momento.

Uma nota técnica deve ser emitida pelo Governo do Estado. 

A Anvisa informou por meio de nota que fez essa suspenção porque faz um monitoramento constante das vacinas covid-19 aplicadas em todo o país de eventos adversos que são relatados no país.

O uso off label de vacinas, ou seja, em situações não previstas na bula, só deve ser feito mediante avaliação individual por um profissional de saúde que considere os riscos e benefícios da vacina para a paciente. A bula atual da vacina contra Covid da AstraZeneca não recomenda o uso da vacina por gestantes sem orientação médica.