Paraná

Fiscalização interdita culto com mais de duas mil pessoas no Paraná

Da Redação ·

Durante a noite desta quarta-feira (24), uma igreja foi interditada por Agentes de Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) durante um culto, por conter mais de duas mil pessoas, na Avenida Batel, em Curitiba, no Paraná.  

continua após publicidade

Segundo os agentes de fiscalização, os participantes do culto estavam aglomerados, sem nenhum distanciamento, sendo assim, indo contra os protocolos sanitários firmados para combater a pandemia. 

Assista:

continua após publicidade

 Fiscalização interdita culto com mais de duas mil pessoas no Paraná - Vídeo por: Reprodução  

Por conta da situação, foram aplicadas três multas, que totalizam R$ 150 mil. A interdição aconteceu a partir da denúncia da população. 

"Duas denúncias foram feitas: uma no 190, da Polícia Militar, e outra no 156, da Prefeitura de Curitiba. Cerca de 2 mil pessoas estavam reunidas, desrespeitando os protocolos de saúde. Elas dispersaram quando a polícia chegou", relata Everson Estácio, cabo da Polícia Militar.

continua após publicidade

O responsável pelo evento foi levado à Central de Flagrantes da Polícia Civil. Ele deve responder por crime contra a saúde.

Até o momento, a igreja não fez nenhuma declaração sobre o caso. 

Pandemia na capital

continua após publicidade

Curitiba voltou a bandeira laranja nesta quarta-feira (24), que indica o nível de alerta da Covid-19. A medida passa a valer a partir desta quinta-feira (25). 

Com o decreto, alguns estabelecimentos como casas de shows, teatros, cinemas e museus voltam a fechar. As práticas esportivas coletivas também estão proibidas, segundo a medida.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), Curitiba tem 84.597 casos confirmados da doença e registrou 2.487 óbitos.