Paraná

Filho mata própria mãe em Mamborê com tiro de revólver

Ele relatou a PM que foi atirar em outro homem, mas acabou acertando acidentalmente a sua própria mãe

Da Redação ·
Imagem ilustrativa
fonte: Reprodução
Imagem ilustrativa

Maria Rosa Moava Camargo, 53 anos, morreu na noite de sexta-feira (13), na cidade de Mamborê, no centro-oeste do Paraná, atingida por disparo de arma de fogo. O autor do tiro foi o próprio filho, Joel Moava, de 35 anos.

continua após publicidade

De acordo com a Polícia Militar, o caso foi durante uma programação festiva de rodeio no município.  A equipe de serviço foi acionada por seguranças particulares da festa que informaram sobre disparos de arma de fogo contra uma mulher e que havia uma pessoa detida no local.

No parque de exposição, os policiais encontraram o filho da vítima detido pelos seguranças. Com ele foram localizadas 13 munições intactas de calibre 22. Porém a arma não foi encontrada. Num primeiro momento, ele disse que havia jogado o revólver em um terreno. A PM fez buscas no local, mas não encontrou a arma.

continua após publicidade

Ao ser questionado pelos policiais, ele relatou que foi atirar em outro homem, mas acabou acertando acidentalmente a sua própria mãe. A mulher foi socorrida e encaminhada pela ambulância do município ao hospital municipal, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo em seguida.

As munições apreendidas foram recolhidas e encaminhadas à delegacia de Polícia Civil pela PM. Já o corpo da vítima foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Campo Mourão para exame de necropsia.