Paraná

Ex-jogador do Grêmio Maringá e a mulher morrem de covid-19

Cléber dos Santos Gomes, morreu dois dias depois do falecimento da mulher dele, Natalina Aparecida Gatti Gomes.

Da Redação ·
Cléber dos Santos Gomes e a mulher Natalina Aparecida Gatti Gomes.
fonte: Arquivo pessoal
Cléber dos Santos Gomes e a mulher Natalina Aparecida Gatti Gomes.

Morreu neste sábado (31), em Maringá, o ex-jogador de futebol Cléber dos Santos Gomes, aos 57 anos. O ex-atleta, que jogou no Grêmio Maringá, não resistiu às complicações causadas pela covid-19. Gomes morreu dois dias depois do falecimento da mulher dele, Natalina Aparecida Gatti Gomes, de 65 anos, que também foi vítima da doença. 

continua após publicidade

A história de luta do casal contra o coronavírus viralizou nesta semana após os filhos dos dois mobilizarem as redes sociais em busca de ajuda para salvar os pais, que estavam internados em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital da região. 

Luccas Gustavo Gatti Gomes, de 29 anos, e Felippe George Gatti, de 32 anos, publicaram vídeos nas redes sociais pedindo ajuda para o tratamento. Os vídeos tiveram milhares de compartilhamentos nas redes.

continua após publicidade

Cléber e Natalina tiveram complicações da covid-19 e, segundo os médicos, o equipamento ECMO (Oxigenação Extracorporal da Membrana), disponível em um hospital particular da cidade, poderia salvar a vida do casal. Por causa do alto custo do tratamento, que pode chegar a R$ 100 mil por mês para cada paciente, os filhos do casal pediram ajuda a amigos e familiares. 

Apesar da batalha contra a doença, Cléber e Natalina não resistiram.

Cléber dos Santos Gomes foi jogador do Grêmio Maringá e a esposa Natalina Aparecida Gatti Gomes trabalhou por muitos anos como professora de alunos com deficiência mental e visual no Instituto de Educação Estadual de Maringá.

continua após publicidade

Natalina Aparecida Gatti Gomes foi sepultada na tarde de sexta-feira (30). Cléber dos Santos Gomes foi velado na manhã deste domingo (1º), na capela do Sistema Prever do Cemitério Parque. O sepultamento aconteceu  às 14h.

Com informações: GMC Online

Tags relacionadas: #casal #COVID-19 #Maringá #morte