Paraná

Ex-deputado federal Nelson Meurer morre vítima da Covid-19

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Ex-deputado federal Nelson Meurer morre vítima da Covid-19
fonte: Viola Junior/Câmara dos Deputados
Ex-deputado federal Nelson Meurer morre vítima da Covid-19

Morreu neste domingo (12), o ex-deputado federal Nelson Meurer, aos 77 anos, que estava internado após testar positivo para Covid-19. Meurer estava internado em um hospital particular desde terça-feira (7). A confirmação do diagnóstico de coronavírus foi divulgada pela defesa dele, na quinta-feira (9).

continua após publicidade

Meurer foi o primeiro condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) na Operação Lava Jato, 

A morte foi confirmada pelo advogado do ex-deputado, Michel Saliba, e pela direção da Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão, no sudoeste do Paraná, onde ele cumpria pena pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

continua após publicidade

O advogado do político informou que o corpo deve ser cremado.

A Prefeitura de Francisco Beltrão publicou nota nas redes sociais, lamentando a morte do ex-deputado. “Além de reconhecer o seu trabalho em prol de Francisco Beltrão, deseja força para a família. O prefeito Cleber Fontana decretou luto oficial no município”, diz a nota.

continua após publicidade

EX-DEPUTADO TEVE PRISÃO DOMICILIAR NEGADA

O Supremo Tribunal Federal (STF), no dia 08 de junho, havia rejeitado agravo regimental apresentado pela defesa do ex-deputado Nelson Meurer (PP-PR) contra a decisão do ministro Edson Fachin que negou o pedido de prisão domiciliar em razão da pandemia do novo coronavírus. 

Ao reafirmar sua decisão, o ministro Fachin salientou que, apesar de Meurer ter 78 anos e ser portador de doenças crônicas, os fatos não demonstram a necessidade de tratamento de saúde em residência particular. De acordo com informações prestadas pelas autoridades responsáveis pela administração do Presídio de Francisco Beltrão (PR), foram adotadas medidas para evitar a disseminação do vírus causador da Covid-19.

continua após publicidade

Fachin lembrou que, conforme registrou em decisões anteriores, o ex-deputado foi examinado em duas oportunidades, por médico generalista e por especialista em cardiologia, e seu estado de saúde se mostrou estável, apesar da convivência com doenças crônicas.

Para o ministro, isso demonstra a eficácia do tratamento dispensado na unidade prisional.Ainda de acordo com o relator, embora o estado de saúde de Meurer seja complexo, nenhum dos laudos juntados aos autos apontaram como imprescindível o tratamento externo, pois os riscos de evento súbito apontados pela defesa para embasar o pedido independem do local de tratamento. O ministro salientou ainda que o presídio dispõe de serviço ambulatorial de atendimento à saúde dos detentos.