Mais lidas
Ver todos

    Paraná

    Evento discute ODS como ferramentas para gestão de políticas públicas

    Foto por
    Escrito por AEN
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    Acontece até sexta-feira (19) o Workshop “Escola Internacional de Pesquisa e Inovação Colaborativa: Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”.

    O evento online organizado pela Fundação Araucária tem o objetivo de identificar as políticas públicas locais, regionais e internacionais sobre o tema para futuras parcerias em projetos envolvendo pesquisadores e instituições do Paraná, Reino Unido e Quebec-Canadá.

    No primeiro dia do workshop, o coordenador do Programa Abordagem Territorial para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável na França, Stefano Marta, destacou que tratar os ODS como ferramenta para a geração de políticas públicas é uma tendência entre os países que fazem parte da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

    Segundo ele, uma das mensagens principais é que os ODS são uma responsabilidade compartilhada em todos os níveis de governo. “Alguns governos, como na Alemanha, usam os ODS para melhorar a administração em nível multinacional. Já estão sendo implementadas algumas medidas e suporte financeiro para as cidades operacionalizarem os ODS”, destacou.

    “É importante trabalhar com uma estrutura multinível governamental e geração de política de baixo para cima. Não o contrário, como é mais comum de acontecer”, disse o analista político que dá apoio a cidades e estados na implementação dos ODS em vários países membros da OCDE e parceiros. 

    Stefano Marta afirmou ainda que é preciso ir além de uma média nacional. “Porque ela pode ser enganosa. Divulgar que estão alinhados com os ODS, mas ao mesmo tempo escondendo desigualdades muito grandes. Nós percebemos que 70% das cidades que integram a OCDE não estão alinhadas com os ODS”, disse Stefano.

    “Esta é a primeira Escola Internacional de Pesquisa e Inovação. Pretendemos fazer outras três este ano. O tema ODS está muito associado ao Plano de Governo do Estado. A Fundação Araucária tem trabalhado com os Novos Arranjos de Pesquisa e Inovação (Napi), que são arranjos colaborativos”, ressaltou o presidente da Fundação Araucária Ramiro Wahrhaftig.

    A intenção, acrescentou, é aproveitar os ativos existentes no Estado. “Sabemos que o Paraná tem condições de se posicionar globalmente como uma referência em termos de desenvolvimento sustentável”, disse Wahrhaftig.

    O workshop viabilizará o contato com  pesquisadores e agências de fomento internacionais para a construção conjunta de parcerias. O evento conta com o apoio institucional da Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico Social (Cedes). 

    Esta primeira edição da Escola Internacional de Inovação teve a coordenação da professora Eliane Segati, coordenadora de Relações Internacionais da Universidade Estadual do Norte do Paraná (Uenp).

    POLÍTICAS ESTADUAIS - Segundo a vice-presidente do Cedes, Keli Gali Guimarães, 358 municípios paranaenses já aderiram e assinaram um termo de compromisso com a Agenda 2030 e os 17 ODS.

    “Dentro do Governo trabalhamos na articulação de parcerias para a construção de ferramentas de apoio à implementação dos ODS, de modo a incorporá-los estruturalmente no planejamento e execução de políticas públicas voltadas à população”, explicou.

    Proposta pelo Cedes, o Governo do Estado lança na próxima semana a Rede Paranaense de Sustentabilidade. O objetivo é contribuir com o desenvolvimento local e regional. 

    A sustentabilidade corporativa foi ressaltada pela diretora-geral da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Fabiana Cristina de Campos.

    “Enquanto secretaria, consideramos no nosso modelo de gestão a sustentabilidade corporativa, em que o meio ambiente, sociedade e retorno econômico são considerados, de forma equilibrada, na tomada de decisões. Um grande desafio é que o Paraná pode ser o Estado que mais se desenvolve e ao mesmo tempo o que mais se preserva.”

    ODS NAS UNIVERSIDADES – A presidente da Associação Paranaense das Instituições de Ensino Superior Público  (Apiesp), Fátima Padoan, enfatizou que os ODS estão presentes nas atividades desenvolvidas nas universidades estaduais.

    “Nossas universidades estão em todas as regiões do Estado. Por meio dos diversos projetos de pesquisa e extensão, conseguimos atingir todos os municípios do Paraná, trabalhando pelo desenvolvimento regional e da garantia da qualidade de vida da população”.

    O Governo do Estado, como importante articulador de diversos atores em benefício da população, foi destacado pelo superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Bona.

    “É nosso papel, enquanto órgão de Governo, estreitar a relação entre o setor produtivo acadêmico, o setor produtivo empresarial, sociedade e o Governo. Cumprir este papel de articulador. Principalmente no momento que estamos vivendo fica clara a importância da ação colaborativa.”

    NAPI – A Escola Internacional de Inovação Colaborativa integra a ação dos Novos Arranjos de Pesquisa e Inovação desenvolvida pela Fundação Araucária. O diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação, Luiz Márcio Spinosa, lembrou que a ciência e a tecnologia têm que estar associadas com o desenvolvimento socioeconômico regional.

    “Desenvolvimento sempre com foco na sustentabilidade. Com os Napis temos uma nova forma de interagir para prover o suporte e o apoio para o desenvolvimento das pesquisas no Estado, com o apoio da Seti. Há um processo de cocriação e cogestão, e para nós é muito importante este trabalho colaborativo. Na busca desta ‘horizontalização’ é fundamental o envolvimento do Governo, da academia, das empresas e da sociedade civil organizada”, disse Spinosa.

    WORKSHOP – O Workshop “Escola Internacional de Pesquisa e Inovação Colaborativa: Objetivos de Desenvolvimento Sustentável" segue até sexta-feira (19). Nesta quarta-feira (17) os debates e palestras serão sobre as Políticas Internacionais do Reino Unido, com transmissão pelo Youtube. A programação completa está disponível no site http://www.fappr.pr.gov.br.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Designer apucaranense Uelinton Campagnola executou um trabalho recentemente para o DJ Alok

    Deixe seu comentário sobre: "Evento discute ODS como ferramentas para gestão de políticas públicas"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.