Em decreto, prefeitura de Curitiba suspende cirurgias eletivas - TNOnline
Mais lidas

    Paraná

    PARANÁ

    Em decreto, prefeitura de Curitiba suspende cirurgias eletivas

    Foto por Lineu Filho/Tribuna do Paraná
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 25.11.2020, 10:47:06 Editado em 25.11.2020, 10:47:35
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Foi publicado pela prefeitura de Curitiba, nesta terça-feira (24), um decreto que suspende temporariamente todas as cirurgias e procedimentos eletivos, que não possuem urgência, em hospitais privados e públicos da capital.

    A administração chegou à essa decisão devido ao comunicado dos hospitais particulares Sugisaea, Nossa Senhora das Graças e Marcelino Champagnat, relatando que não receberiam mais pacientes com coronavírus, visto que já estavam todos lotados.

    Outro motivo é o crescimento de casos da covid-19 na cidade. Nesta última terça-feira (23) os números tiveram um aumento, chegando aos 11,5 mil casos ativos.

    No entanto há uma exceção. Esses procedimentos cirúrgicos eletivos podem ser realizados caso a situação possa piorar o quadro clínico nas especialidades de cardiologia, urologia, oftalmologia, oncologia e nefrologia, além das cirurgias inadiáveis pós traumas.

    Essa medida entrou em vigor nesta quarta-feira (25), e tem validade de 14 dias.

    Com informações de Tribuna.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Paraná

    Deixe seu comentário sobre: "Em decreto, prefeitura de Curitiba suspende cirurgias eletivas"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.