Paraná

Durante assalto, motorista é obrigado a ingerir bebida alcoólica

Da Redação ·
A motorista de aplicativo mal conseguia andar.
fonte: Reprodução/RIC Record TV
A motorista de aplicativo mal conseguia andar.

Na noite de terça-feira (10), um motorista de aplicativo foi obrigado a ingerir um litro de pinga, durante um assalto, em Cascavel. 

continua após publicidade

De acordo com o homem, ele havia recebido um chamado para levar dois passageiros à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e, após, levá-los até Corbélia, cidade próxima. Porém, durante o trajeto, o assalto foi anunciado e ele necessitou parar o automóvel para que um terceiro suspeito pudesse entrar.

“Eu achei que fosse morrer, ele estava com a faca na minha garganta. Não era para eu me mexer, fazer nenhum gesto ele pressionando a faca. Até tenho a marca da faca na minha garganta”, disse o motorista de aplicativo. 

continua após publicidade

Após transitarem por uma estrada rural, o trabalhador foi amarrado e obrigado a tomar pinga pelos assaltantes. Depois disso, a vítima foi deixada em uma vala. 

“Eles falaram ‘você quer beber um litro de pinga ou ser amarrado?’, eu falei ‘ser amarrado’. Mesmo assim, eles fizeram eu tomar o litro de pinga e me jogaram na valeta. Aí, eu consegui me desamarrar e me escondi no mato. Até que eles partissem”, contou. 

Por mais que estivesse embriagado, o homem conseguiu ir até uma vila rural e pedir ajuda. Em uma entrevista, o homem declarou que não sabe se continuará como motorista de aplicativo.

continua após publicidade

“O sentimento de morte, o desespero, pensando nos filhos, na minha esposa. Eu vou ter que rever esse conceito, fazer aplicativo ultimamente está complicado”, desabafou.

Com informações; ricmais.