Paraná

Curitiba fecha bares, casas noturnas e altera horário do comércio

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Curitiba fecha bares, casas noturnas e altera horário do comércio
fonte: Giuliano Gomes/PR Press
Curitiba fecha bares, casas noturnas e altera horário do comércio

Nesta sexta-feira (27), a Prefeitura de Curitiba determinou a retomada da bandeira laranja na cidade. Com a medida, bares, casas noturnas, e de festas deverão ser fechados. 

continua após publicidade

O documento definiu um novo horário de funcionamento do comércio. Já as lojas de rua e shoppings, o horário foi ampliado. Nos restaurantes, as restrições são mais rígidas. 

De acordo com a prefeitura, a medida deve durar por sete dias, podendo ser prorrogada. 

continua após publicidade

Não podem funcionar:

Bares, casas noturnas e atividades correlatas;

Estabelecimentos destinados ao entretenimento, casas de festas, de eventos ou recepções, parques infantis e temáticos;

continua após publicidade

Estabelecimentos destinados a eventos técnicos, mostras comerciais, congressos, convenções.

Podem funcionar com restrição no horário de funcionamento:

Restaurantes e lanchonetes: podem funcionar das 6h às 22h. No decreto anterior, podiam funcionar até as 23h;

continua após publicidade

Circos, teatros, cinemas e museus: podem abrir das 6h às 22h. Antes não tinham restrições de horário.

Feiras de varejo e feiras livres: podem abrir das 6h às 22h. Antes não tinham restrições de horário.

continua após publicidade

Podem funcionar e têm ampliação no horário de funcionamento:

Atividades comerciais de rua não essenciais, galerias e centros comerciais: podem funcionar das 9h às 20h. No decreto anterior, podiam abrir das 10h às 20h;

Shopping centers: podem funcionar das 8h às 22h. No decreto anterior, podiam abrir das 11h às 22h.

continua após publicidade

Podem funcionar com 50% da capacidade:

Hotéis, resorts, pousadas e hostels.

Podem funcionar com 50% da capacidade e restrição de horário:

Serviços de call center e telemarketing: a partir das 9 horas, exceto aqueles vinculados aos serviços de saúde ou executados em home office.

A cidade teve um aumento de casos de coronavírus. Para barrar o crescimento de casos da doença a prefeitura impôs o novo decreto.

Com informações; G1.