Paraná

Corpo de PM que estava desaparecido é encontrado dentro de cova no PR

Policiais da Divisão de Proteção à Pessoa (DPP) faziam buscas e encontraram o homem de 44 anos por conta do rastreamento do sinal de uma tornozeleira

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
O local, de acordo com os peritos, é desabitado e o corpo está enterrado em uma cova profunda
fonte: Eliandro Santana/Banda B
O local, de acordo com os peritos, é desabitado e o corpo está enterrado em uma cova profunda

No início da noite desta terça-feira (5), o corpo do policial militar Hélio Maurício Bento foi encontrado dentro de uma cova em um matagal, no bairro Vila Prado, em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba (RMC).

continua após publicidade

Policiais da Divisão de Proteção à Pessoa (DPP) faziam buscas e encontraram o homem de 44 anos por conta do rastreamento do sinal de uma tornozeleira eletrônica, conforme a Banda B apurou no local. Ele estava desaparecido desde a última sexta-feira (1º).

O perito José Silvestre, do Instituto de Criminalística (IC), disse que o corpo possuía uma marca de tiro no rosto. No entanto, a vítima estava muito agredida.

continua após publicidade

“Ele foi descoberto porque seguimos o sinal da tornozeleira”, iniciou. “O corpo está, relativamente, sem rigidez. Ele deve ter sido assassinado ainda hoje”, falou.

O local, de acordo com os peritos, é desabitado e o corpo está enterrado em uma cova profunda. Além dos ferimentos, o corpo estava com muito sangue.

Diante da situação, o Instituto Médico Legal (IML) recolheu o corpo da vítima que, conforme a reportagem da Banda B apurou, possuía prisões nos anos de 2007, 2012 e 2014. Além disso, no histórico criminal do PM, há acusações pela morte de um casal e pelo crime de extorsão.

continua após publicidade

A Polícia Civil deverá continuar com as investigações para descobrir o que levou ao crime contra este PM.

Com informações da Banda B.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News