Paraná

Coritiba ganha gols de presente em Dia dos Avós e derrota o Cianorte

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Coritiba ganha gols de presente em Dia dos Avós e derrota o Cianorte
Coritiba ganha gols de presente em Dia dos Avós e derrota o Cianorte

O Coritiba abriu uma grande vantagem nas semifinais do Campeonato Paranaense 2020. Neste domingo (26), o time derrotou o Cianorte por 3 a 2, em Cianorte, no primeiro duelo pelas semifinais. Com isso, pode empatar o segundo jogo que mesmo assim garante vaga na final.

continua após publicidade

Curiosamente, este domingo (26) era Dia dos Avós. Um dia bom para o Coritiba, cujo apelido é “Vovô”. O time acabou ganhando dois gols de presente da defesa do  Cianorte num intervalo de 3 minutos, o que foi determinante para a vitória no Norte do Paraná. O time Coxa-Branca fez 3 gols ainda no primeiro tempo e o Cianorte só marcou na etapa final.

DATAS

continua após publicidade

A próxima partida das semifinais será no Couto Pereira, na próxima quarta-feira (29). O horário ainda será homologado pela Federação Paranaense de Futebol. Como venceu por 3 a 2 em Cianorte, o Coritiba se classifica se empatar. Uma derrota por um gol de diferença leva a decisão da vaga para os pênaltis. No time da Capital, o zagueiro Rhodolfo, o volante Nathan Silva, o meia Thiago Lopes e o atacante Igor Jesus são desfalques certos: eles cumprem suspensão por terem acumulado três cartões amarelos.

GOLS

Desde a volta do futebol paranaense, que foi paralisado por causa da pandemia do coronavírus, o Coritiba ainda não tinha feito mais de dois gols em uma partida. Nas quartas de final, diante do Paraná, o Coxa venceu duas vezes, por 1 a 0 (na Vila Capanema) e 2 a 1 (no Couto Pereira).

continua após publicidade

ESCALAÇÃO

O Coritiba tinha duas mudanças em relação à partida, anterior. Alex Muralha voltava como goleiro, em lugar de Wilson. E Rafinha ganhou um descanso, com Thiago Lopes recebendo mais uma chance no time titular como meia-atacante pela direita. “O Rafinha está com uma idade avançada (ele faz 37 anos em agosto) e fez dois jogos seguidos, com pouca recuperação”, justificou o técnico Eduardo Barroca. “Quanto ao Alex, a competição (pela posição de goleiro) está aberta”. O time entrou no esquema 4-3-3 – que vira um 4-1-4-1 quando a posse de bola fica com o adversário.

PRIMEIRO TEMPO

continua após publicidade

Nos primeiros minutos, o Coritiba sentiu pressão do Cianorte e não conseguia chegar perto da área em seu estilo de toque de bola. Mas o time da casa deu dois gols de presente num intervalo de 3 minutos. Aos 20, Eduardo Doma falhou ao tentar afastar uma bola da área e a deu para William Matheus, que fuzilou. Aos 23, Weriton errou um passe na defesa. Thiago Lopes aproveitou e deu a bola para Gabriel ampliar.

Depois dos gols, o Coritiba viu o adversário se perder. Robson teve duas boas chances de ampliar, mas não aproveitou – acertou o travessão em uma delas e mandou para fora na outra. Aos 43, Patrick Vieira cobrou escanteio e William Matheus cabeceou para dentro, anotando 3 a 0. Na etapa, o Coritiba somou 7 finalizações (3 certas e uma na trave) contra 4 do Cianorte (1 certa).

continua após publicidade

SEGUNDO TEMPO

No começo do 2º tempo, o Cianorte conseguiu descontar aos 4 minutos, num chute de Pelezinho de fora da área. Apesar disso, o Coritiba continuou tocando a bola e controlando a partida; apenas não finalizava a gol. Antes dos 20 minutos, Barroca trocou Igor Jesus e Robson por Vanderlei e Sassá no ataque.

Depois das trocas, o ritmo do Coritiba caiu e o Cianorte passou a criar alguns incômodos. Até que, aos 38 minutos, França marcou o segundo gol do Cianorte. Somente a partir daí é que o time Coxa-Branca – que até então não tinha finalizado nenhuma vez na etapa final – tentou correr um pouco mais. E conseguiu segurar a vantagem até o fim. Até o fim do jogo, o Coritiba somou oito finalizações (3 certas e uma na trave), contra 10 do Cianorte (4 certas).

Por, Bem Paraná

Tags relacionadas: #Coritiba #Futebol #PARTIDA