Mais lidas

    Paraná

    Covid-19

    Contrato para compra de vacinas contra covid-19 já está em Londrina

    Contrato para compra de vacinas contra covid-19 já está em Londrina
    Foto por Reprodução Facebook
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 31.12.2020, 08:40:11 Editado em 31.12.2020, 08:43:04
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Londrina já recebeu o contrato do Instituto Butantan de intenção de compra da Coronavac, vacina que é  produzida contra a Covid-19. Em uma transmissão ao vivo nas redes sociais, o prefeito Marcelo Belinati (PP) e o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, afirmaram que a assinatura seria realizada nesta quinta-feira (31), mas a data foi transferida para a próxima semana, no máximo na quarta-feira (6).

    O documento foi exibido pelo chefe do executivo na transmissão. Eles explicaram que uma reunião técnica será realizada para estabelecer critérios para a possível compra como quantidade de doses, custo, logística de entrega e como será feita a aplicação. “A vacina é cara, mas quanto vale uma vida? O que precisar fazer, vamos fazer. É a vacina que vai salvar vidas”, afirmou Belinati.

    Ambos disseram que ainda não foi revelado o valor que será pago pelo município ao Butantan. Essa negociação será realizada na reunião da próxima semana. Machado explicou que no início da fabricação da vacina, o valor seria de aproximadamente 10 dólares por dose, mas ainda não tem como afirmar qual será o valor real de venda.

    Governo Federal

    O Ministério da Saúde estima que a vacinação no Brasil deve começar para grupos prioritários entre 20 de janeiro e 10 de fevereiro. Porém, ainda não tem como estimar quando efetivamente as doses seriam disponibilizadas aos londrinenses.

    O prefeito ressaltou que em caso de demora, vai se antecipar. “Caso necessário, vamos comprar. Não podemos correr o risco de aguardar, o Governo está trabalhando para isso, aqui está um pouco atrasado em relação aos outros países, mas se caso atrasar mais, vamos comprar para atender a população de Londrina”, disse.

    Em outro trecho da transmissão, ressaltou: “Se o Governo não fornecer, a prefeitura vai comprar e vacinar o povo de Londrina”.

    Machado afirma que a Secretaria Municipal de Saúde tem se preparado para realizar a vacinação em massa. Um estudo está sendo realizado para definir como será feita, uma das possibilidades é o drive-thru, da mesma forma que foi realizada a vacinação contra a gripe no meio do ano. Eles garantiram que o município tem estoque de insumos como seringas e agulhas. “Já temos um estoque grande desses insumos necessários para vacinação, mas estamos estudando minuciosamente”, disse Belinati.

    As informações são da Tarobá News. 

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Paraná

    Deixe seu comentário sobre: "Contrato para compra de vacinas contra covid-19 já está em Londrina"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.