Paraná

Companhia aérea adia início de novas rotas no Paraná

A empresa argumentou que a medida foi necessária diante da alta dos combustíveis resultante da guerra na Ucrânia.

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Companhia aérea adia início de novas rotas no Paraná
fonte: Reprodução

A Latam detalhou nesta segunda-feira (21) quais rotas da companhia aérea no Paraná terão o lançamento adiado em função da alta do preço do querosene de aviação. A empresa argumentou que a medida foi necessária diante da alta dos combustíveis resultante da guerra na Ucrânia. As informações são do G1.

continua após publicidade

A companhia adiou para julho o lançamento das seguintes rotas:

Porto Alegre-Curitiba

continua após publicidade

Londrina-Curitiba

Maringá-Curitiba

Também foi adiada para julho a criação de uma nova base da Latam entre Cascavel, no oeste do Paraná, e Guarulhos, em São Paulo.

continua após publicidade

Em nota, a empresa disse lamentar o impacto causado aos clientes em função das alterações. A companhia aérea orienta os clientes a acessar o site latam.com > Minhas Viagens > Administrar suas viagens, para saber se o voo foi postergado.

"No mesmo campo do site, os clientes com voos alterados neste período poderão remarcar o voo sem multa e diferença tarifária na mesma cabine do voo original. O cliente ainda pode solicitar o reembolso sem multa. Todas essas alternativas são válidas até o vencimento do bilhete (12 meses após a data da compra)", esclareceu a companhia.

Outros estados também foram afetados pelas mudanças anunciadas pela companhia, inclusive com a suspensão temporária de voos.

continua após publicidade

Novas bases adiadas

Bauru-São Paulo/Guarulhos

continua após publicidade

Montes Claros-São Paulo/Guarulhos

Caxias do Sul-São Paulo/Guarulhos

Juiz de Fora-São Paulo/Guarulhos

continua após publicidade

Presidente Prudente-São Paulo/Guarulhos

Novas rotas adiadas

Brasília-Navegantes

continua após publicidade

Brasília-Palmas

Rotas temporariamente suspensas

continua após publicidade

Brasília-Rio Branco (Suspenso abril a junho)

Brasília-Uberlândia (Suspenso abril a junho)

Brasília-Imperatriz (Suspenso abril)

continua após publicidade

Fortaleza-Maceió (Suspenso abril a junho)

Fortaleza-Vitória (Suspenso abril a junho)

Fortaleza-Manaus (Suspenso abril a junho)

Belém-Manaus (Suspenso abril e maio)

Porto Velho-Manaus (Suspenso abril a junho)

Fortaleza-Belém (Suspenso abril e maio)

Belém-Macapá (Suspenso abril e maio)

Com informações G1.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News