Cirurgias eletivas seguem suspensas por tempo indeterminado - TNOnline
Mais lidas

    Paraná

    Saúde

    Cirurgias eletivas seguem suspensas por tempo indeterminado

    Cirurgias eletivas seguem suspensas por tempo indeterminado
    Foto por AEN
    Escrito por Agência Estadual de Notícias
    Publicado em 05.01.2021, 12:02:02 Editado em 05.01.2021, 12:02:13
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    A Secretaria de Estado da Saúde publicou nesta segunda-feira (04) a Resolução nº 013/2021, que determina a suspensão das cirurgias eletivas nas redes do Sistema Único de Saúde (SUS) e particular por tempo indeterminado, considerando o crescimento de casos de Covid-19 e a ocupação de leitos de UTI e de enfermaria no Paraná.

    “A pandemia segue impondo medidas restritivas, entre elas a de mantermos leitos, equipamentos, insumos e equipes profissionais priorizados para o atendimento de pacientes infectados pelo coronavírus. A suspensão é válida para todo o Estado”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

    A nova Resolução revoga a anterior, de nº 1412/2020, que já suspendia a realização das cirurgias eletivas entre 1º e 31 de dezembro de 2020.

    A regra não se aplica aos procedimentos de cardiologia, oncologia e nefrologia e não se aplica a exames e procedimentos realizados em âmbito laboratorial que, a critério médico, sejam considerados de urgência ou emergência.

    SUSPENSÃO - Desde agosto do ano passado, a secretaria estadual da Saúde vem recomendando e restringindo, por meio de resoluções, a suspensão das cirurgias eletivas como forma de contingenciamento de insumos e também de leitos de UTI.

    Primeiramente, houve restrição nos procedimentos com demanda de terapia intensiva no pós-operatório. Em um segundo momento, foi liberado o procedimento em hospitais privados que não constavam do plano de atendimento à Covid-19. Depois, com o agravamento da pandemia, o Estado suspendeu as cirurgias eletivas em toda a rede pública e privada. Agora, com o quadro mais agudo, a secretaria decidiu pela manutenção desta suspensão por tempo indeterminado.

    “São medidas de gestão, tomadas de acordo com o cenário estadual e que visam, principalmente, prestar atendimento eficiente e de qualidade a todos os paranaenses, evitando assim um colapso na estrutura hospitalar”, explicou o chefe de gabinete da pasta, César Neves.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Paraná

    Deixe seu comentário sobre: "Cirurgias eletivas seguem suspensas por tempo indeterminado"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.