Mais lidas
Ver todos

    Paraná

    Cidades da Região Metropolitana de Curitiba definem novas medidas restritivas

    Escrito por Banda B
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    Com a participação de vários prefeitos que representam os municípios da Região Metropolitana de Curitiba, em videoconferência realizada neste sábado (20), com mais de 4 horas de duração, prefeitos municipais formularam novas medidas para o combate ao coronavírus. 

    Entre as restrições determinadas pelo documento, está a suspensão do funcionamento de mercados aos domingos e do comércio em geral nos finais de semana. O decreto passa a valer a partir desta terça-feira (23) e tem validade de 14 dias.

    O Prefeito de Fazenda Rio Grande, Marcio Wozniack, que preside a Assomec – Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba, responsável por realizar a videoconferência, explicou em entrevista na manhã deste domingo (21), que teve como principal objetivo a construção de um regramento único para toda a região, denominado de Fórum Metropolitano. As decisões vão impactar uma população estimada em 3.7 milhões de habitantes, sendo no primeiro anel, com os municípios limítrofes a capital, com mais de 1.5 milhão de pessoas.

    Com a decisão de fechar os mercados, mercearias e açougues aos domingos, o presidente da Assomec pede que a população se organize para fazer compras durante a semana. “É uma medida restritiva importante, até educativa. Também por respeito aos trabalhadores do mercado que tem que trabalhar de domingo a domingo, para que eles fiquem em casa com seus familiares. As pessoas precisam se organizar durante a semana para que não precisem usar o mercado no domingo e procurem ir até lá apenas para comprar o necessário”, explicou.

    Ações conjuntas

    Segundo Wozniack, a criação do Fórum Metropolitano surgiu da necessidade de ações conjuntas entre as cidades, tendo em vista o crescimento dos casos de contágio pelo coronavírus e do número de vítimas fatais. “Sentimos nos nossos municípios os efeitos drásticos desta pandemia, que primeiramente compromete redes públicas municipais de saúde e consequentemente, aumentam os números de infectados e óbitos, onde medidas isoladas não surtiram os efeitos esperados, desta maneira provocamos o debate através da ASSOMEC”, disse o presidente da Associação.

    O prefeito de Fazenda Rio Grande também comentou o documento final apresentado nesta tarde com a aprovação dos prefeitos participantes na videoconferência, que na sua grande maioria, devem após ouvirem suas assessorias jurídicas, implementarem as orientações definidas nesta assembleia. “Estabelecemos medidas em comum acordo com os prefeitos da RMC, olhando para Curitiba e respeitando algumas particularidades nossas. Agora esse documento vai ser encaminhado para as prefeituras, que vão aos seus departamentos jurídicos para os ajustes necessários. Amanhã em Fazenda Rio Grande já convocamos uma reunião do Comitê de Crise para oficializar esse documento com alguns ajustes apenas”, contou Wozniack. 

    A expectativa é que o decreto seja implementado integralmente na Região Metropolitana de Curitiba.

    Ele também destaca que o momento exige mais sacrifícios, até para que medidas mais drásticas não sejam necessárias. “Nós prefeitos estamos vivendo uma realidade muito complicada, com efeitos desta pandemia em vários setores, e precisamos agir para evitar o pior cenário que seria o chamado lockdown, por isso estamos agindo com um pouco mais de rigor”, e continua: “Neste momento, precisamos manter as atividades econômicas e preservar vidas, e para fazer isso é necessário diminuir os riscos ao máximo. 

    O governo do Estado já norteou algumas ações e nós agora, enquanto Associação de Prefeitos, estamos decidindo por outras ações que são necessárias, como por exemplo, o fechamento do comércios aos finais de semana, exceto atividades essenciais, além de outros regramentos”, falou.

    Dentre os pontos do novo decreto, os prefeitos também dirigiram ações para a redução da aglomeração no sistema de transporte coletivo, corroborando com os demais regramentos propostos.

    Com informações Banda B. 

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Idoso de 105 anos se recupera da Covid-19 em Arapongas

    Deixe seu comentário sobre: "Cidades da Região Metropolitana de Curitiba definem novas medidas restritivas"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.