Paraná

Cão farejador encontra cocaína em ônibus e duas passageiras são presas

Tabletes estavam presos aos corpos de duas mulheres que levariam a droga até Londrina

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Cão farejador encontra cocaína em ônibus e duas passageiras são presas
fonte: Divulgação/BPfron

Com o auxílio de cães farejadores, a polícia apreendeu mais de quatro quilos de cocaína e prendeu duas mulheres, dentro de um ônibus, em Santa Tereza do Oeste, no oeste do Paraná, neste domingo (19). A droga seria encaminhada até Londrina, no norte do Estado.

continua após publicidade

De acordo com o Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), a equipe abordou um ônibus de transporte intermunicipal, durante a Operação Hórus, e um cão farejador indicou a presença de drogas presas nos corpos de duas mulheres.

As suspeitas, de 31 e 36 anos, disseram que levariam os 4,258 kg da droga até Londrina. Elas foram presas e encaminhadas com a droga para a Delegacia da Polícia Civil em Cascavel, também no oeste do Paraná. A polícia prossegue com as investigações. 

continua após publicidade

OUTRO CASO

Há pouco mais de uma semana o Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), prendeu uma mulher flagrada transportando cocaína escondida embaixo do sutiã, em Foz do Iguaçu.

Os policiais realizavam bloqueio de rotina na estrada conhecida como estrada velha de Guarapuava, com abordagens a motoristas e motociclista, em uma dessas abordagens uma mulher que pilotava uma motocicleta foi flagrada com um tablete de cocaína.

continua após publicidade

A suspeita apresentava bastante nervosismo e ao ser indagada se estava com algo ilícito, ela contou aos policiais que havia cocaína escondida no sutiã.   

Disse ainda que seria moradora do bairro Três Lagoas e estaria indo para Santa Terezinha levar o entorpecente. Na delegacia foi constatado que a mulher tinha ficha limpa até então. Ela ainda confessou que ganharia cerca de R$ 500,00 para levar a substância até a cidade vizinha.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News