Paraná

Campanha valoriza pesca artesanal no Litoral do Estado

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Campanha valoriza pesca artesanal no Litoral do Estado
fonte: AEN
Campanha valoriza pesca artesanal no Litoral do Estado

A pesca artesanal, que garante renda para cerca de 6 mil famílias no litoral paranaense, é tema da nova campanha de educação ambiental da Portos do Paraná. A empresa pública promove ações de comunicação e valorização da atividade, aproveitando o aumento no número de veranistas nas praias do Estado.

continua após publicidade

O objetivo é incentivar o consumo de peixes como o robalo, corvina, pescada e linguado. “São peixes extremamente saborosos e com muita qualidade. Nossos pescadores trazem frescos, todos os dias, e são excelente opções no lugar da tilápia, criada em cativeiro, ou mesmo o salmão, que vem de fora do País.”, destaca o diretor de Meio Ambiente, João Paulo Santana.

Além disso, acrescenta, comprar do pescador artesanal é uma forma de ajudar famílias que sofrem os impactos da pandemia da Covid-19. “Queremos que os turistas e os moradores de Paranaguá e região entendam a importância de prestigiar estes trabalhadores. É uma forma de alavancar as microeconomias locais, principalmente de pescadores artesanais e caiçaras”, completa Santana.

continua após publicidade

PROGRAMA - A campanha faz parte do Programa de Educação Ambiental e Comunicação Social da Portos do Paraná, que integra as condicionantes da licença de operação dos portos de Paranaguá e Antonina, concedida pelo Ibama – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis.

A ação também vai ao encontro dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2015, e dos qual a Portos do Paraná é signatária.

A campanha se encaixa no 14º objetivo: “conservar e usar de forma sustentável os oceanos, mares e recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável”.

Tags relacionadas: #Litoral #paraná