Paraná

Campanha é criada para arrecadação de agasalhos em Sabáudia

A campanha começou no dia 1º e vai até 11 de junho

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Campanha é criada para arrecadação de agasalhos em Sabáudia
fonte: Divulgação/Prefeitura de Sabáudia
Campanha é criada para arrecadação de agasalhos em Sabáudia

A Campanha de Inverno Aquece Sabáudia começou no dia 1º de junho e segue até o dia 11 deste mês, no município. A arrecadação ocorre no Paço Municipal.

continua após publicidade

No dia 21 de junho o inverno chega com a típica variação da temperatura na estação mais fria do ano e os termômetros caem drasticamente trazendo frio para todo o Paraná e também em nossa região.

Pensando nas muitas famílias necessitadas do município de Sabáudia, como crianças e idosos desprovidos de roupas de inverno e cobertores para as noites mais frias, a primeira-dama Rosiane Ribeiro e a vice-prefeita Cristiane Viana dos Santos Bortolo, sensibilizadas com a realidade de quem teve as condições financeiras agravadas devido a pandemia, resolveram tomar a iniciativa de lançar uma campanha de arrecadação de roupas de frio e cobertores para doar para essas pessoas.

continua após publicidade

Entre o dia 1º e 11 deste mês, a população poderá doar roupas, calçados, agasalhos, cobertores e mantas a partir do dia 1º de junho, deixando as doações no Paço Municipal. No dia 11, sexta-feira, entre 8:30h e 16h, haverá um drive-thru solidário, em frente a Casa da Cultura, para que os voluntários possam deixar as doações.

A campanha tem o apoio da Secretaria Municipal da Assistência Social, Campanha Aquece Paraná, SEJUF e da Rádio Clube de Sabáudia. Posteriormente, todos os itens serão higienizados e entregues para quem precisa.

A primeira-dama Rosiane, uma das idealizadoras da campanha, afirmou que neste momento em que muitos passam por dificuldades, com a ajuda dos doadores, fica com o coração aquecido em poder proporcionar um auxílio a quem precisa. Para ela, mais gratificante que receber ajuda é poder fazer algo pelo próximo, demonstrando a verdadeira solidariedade.

A vice-prefeita Cristiane disse que não vê a hora de poder entregar um cobertor ou um agasalho para uma criança ou um idoso e receber um sorriso em troca como agradecimento. Para ela, a sensibilidade humana está nestes gestos de estender as mãos a quem precisa, nas horas mais difíceis como uma noite de inverno.