Paraná

Caminhão fica destruído ao bater contra trem em Morretes

Por causa da colisão, a pista foi bloqueada para retirada do caminhão

Da Redação · GoogleNews

Siga o TNOnline
no Google News

Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Caminhão fica destruído ao bater contra trem em Morretes
fonte: Banda B

Um caminhão ficou destruído ao bater contra um trem, no fim da manhã desta terça-feira (28), em Morretes, no litoral do Paraná. O acidente aconteceu na Rodovia Miguel Buffara (PR-408), no bairro Vila das Palmeiras, na entrada da cidade. Apesar do impacto, ninguém ficou ferido.

continua após publicidade

Por causa da colisão, a pista foi bloqueada para retirada do caminhão. Segundo o vereador Elói Nogueira, o Eloi do Táxi, os acidentes são comuns nessa região e existe a reivindicação por um semáforo no local.

“Ali é complicado, porque não tem uma sinalização boa. Enfim, mais um acidente para conta. Só nestes últimos quatro meses foram uns oito acidentes. Nós estamos lutando por um sinaleiro, mas até agora nada”, disse à Banda B.

continua após publicidade

Em nota enviada à Banda B, a concessionária Rumo, responsável pelo trem envolvido no acidente, disse que o maquinista realizou todos os procedimentos de emergência, mas não foi possível parar a tempo. Equipes da empresa foram acionadas e prestaram todo o suporte no atendimento da ocorrência. A circulação foi retomada às 12h30.

A Companhia reforça que suas operações seguem todas as normas de segurança vigentes. Conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a linha férrea é sempre preferencial. É obrigatório que os veículos parem sempre em uma distância segura de uma passagem em nível, e mantenham a atenção redobrada à sinalização visual e sonora.

Acidente fatal com trem em Morretes

continua após publicidade

Em setembro, um professor da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), de 59 anos, morreu ao atravessar a linha férrea e ter a caminhonete que dirigia atingida pelo trem. O veículo foi arrastado por alguns metros.

Com informações, Banda B