Paraná

Cachorra é atingida por balas de borracha em Cascavel

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Cachorra é atingida por balas de borracha em Cascavel
fonte: Foto: Alexandre dos Santos/Arquivo pessoal
Cachorra é atingida por balas de borracha em Cascavel

Uma cachorra carinhosamente chamada de Pipoca teve a costela fraturada após ser atingida por três tiros de borracha. O autor dos disparos seria um guarda prisional da Cadeia Pública de Cascavel.

continua após publicidade

Conforme o Depen, Departamento Penitenciário do Estado do Paraná o homem já foi afastado das atividades e prestará depoimento nesta-sexta-feira (7). 

De acordo com o Depen, o guarda atirou com uma arma não letal (anti-motim) para tentar conter uma briga entre dois cães no pátio da carceragem, que aconteceu na quarta-feira (5), mas acabou atingindo a Pipoca. A cachorra foi socorrida e levada ao veterinário.

continua após publicidade

Pipoca é a cachorra de estimação da da Delegacia de Cascavel. Segundo os profissionais, apesar de morar na rua, ela sempre visita o espaço e recebe atenção dos policiais, que dão comida e água.

O Depen informou que um procedimento administrativo e um inquérito policial serão abertos para apurar o caso. O servidor ficará afastado até o final da investigação, e uma testemunha também prestará depoimento sobre o ocorrido.

Conforme o departamento ainda, o servidor é novo na função e se comprometeu a pagar as despesas do tratamento do animal.

Com informações, G1

Tags relacionadas: #CACHORRA #Cascavel