Paraná

Briga em posto termina com atropelamento de indígena

Polícia Militar de São Jerônimo da Serra registrou duas ocorrências policiais no mesmo dia, envolvendo população indígena

Da Redação ·
imagem ilustrativa
fonte: Arquivo TNonline
imagem ilustrativa

Uma briga generalizada entre indígenas e funcionários de um posto de combustível terminou com o atropelamento de um homem, em São Jerônimo da Serra, no norte pioneiro do Estado. O atropelamento, presenciado por uma equipe da Polícia Militar, teria sido proposital, em decorrência da confusão.

continua após publicidade

Segundo relatório da PM, houve uma confusão entre um grupo de indígenas e funcionários do local. Acionada, a equipe chegou ao posto e teria presenciado a sequência do caso, com o atropelamento do indígena. Os policiais não conseguiram deter o motorista do veículo, por conta da briga, que ainda acontecia.

O indígena atropelado sofreu ferimentos leves nos braços e pernas e foi levado ao hospital para atendimento. A causa da confusão entre os indígenas e os funcionários não foi esclarecida no local.

continua após publicidade

Esse foi o segundo boletim de ocorrências envolvendo indígenas registrado no mesmo dia pela Polícia Militar, em São Jerônimo da Serra. Na noite de sexta-feira (15), a PM foi chamada ao pronto socorro da cidade por causa de uma mulher, agredida pela cunhada e outros indígenas. A discussão seria porque uma das agressoras acusava a mulher agredida de ser responsável pela morte do próprio irmão, marido da agressora.