Paraná

Bispos pedem transparência na nova concessão dos pedágio

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Bispos pedem transparência na nova concessão dos pedágio
Bispos pedem transparência na nova concessão dos pedágio

Os bispos do Paraná, reunidos em assembleia virtual nesta terça-feira (16), divulgaram uma carta de total apoio ao documento publicado pelo Conselho Nacional do Laicato do Brasil (CNLB) – Regional Sul 2, na semana passada, sobre a nova concessão dos pedágios no Paraná. O documento intitulado "Pedágio nas Rodovias do Paraná: preço justo e transparência na garantia do direito de ir e vir" foi repercutido, nesta quarta-feira (17), durante sessão na Assembleia Legislativa do Paraná, pelo deputado estadual Evandro Araújo (PSC), vice coordenador da Frente Parlamentar Sobre os Pedágios.

continua após publicidade

O documento traz cinco pontos considerados essenciais pelos bispos e fieis da Igreja Católica para o novo modelo de concessão: licitação pela tarifa mais baixa; mais investimentos para modernização das rodovias; mais segurança e conforto para os usuários; transparência e acesso facilitado aos dados e respeito aos novos conceitos de sustentabilidade. 

Além dos pontos essenciais, o documento lista 23 itens e reivindicações específicas feitas pelos leigos e apoiadas pelos bispos. Entre os quais: que a licitação seja pelo menor preço por quilômetro, sem outorga ou qualquer outra estratégia equivalente; a reparação justa às vítimas e famílias nos casos de acidentes ocorridos por falta de obras nos contratos atuais; a garantia mínima de competidores na licitação, sem limitação de descontos, entre outros pontos. Conheça todos os 23 itens no link abaixo.

continua após publicidade

"É uma posição importantíssima, manifestada pela sociedade, por meio dos fieis da Igreja Católica. Os bispos, mais uma vez, se posicionam sobre um tema que afeta diretamente a sociedade, assim como é a pandemia, trazendo recomendações e sugestões claras e objetivas que vão ao encontro do que deseja o povo paranaense. Vamos acolher essas recomendações na Frente e encaminhar os documentos ao governo federal e à ANTT para essa posição ser oficializada nos debates", afirmou Araújo.

Tags relacionadas: #Bispo #Carta #pedágio