Paraná

Ato com 300 cruzes pede vacinação mais rápida no Brasil

Da Redação ·

Durante a tarde deste domingo (25), um ato simbólico foi registrado em frente à Catedral, na Praça Tiradentes, em Curitiba, capital do Paraná. A ação foi uma homenagem às vítimas da Covid-19 e tinha como objetivo também pedir uma vacinação mais rápida no país. 

continua após publicidade

Segundo as informações do site de notícias Banda B, a manifestação foi feita pela Casa da Resistência que teve o apoio de outras entidades, sindicatos, torcidas anti fascistas e movimentos sociais. 

De acordo com Luiz Ogringo, um dos coordenadores da Casa da Resistência, a ideia surgiu no início da pandemia. A organização já trabalhava para arrecadar dinheiro, alimentos e roupas para famílias carentes. 

continua após publicidade

Para ir além, a Casa da Resistência se juntou a outros movimentos e, juntos, todos planejaram uma intervenção para cobrar os governadores estaduais e federais, pedindo uma vacinação mais rápida. 

No local, os manifestantes colocaram cruzes para atrair a atenção do poder público. Pois, em virtude do caos instaurado pela pandemia da Covid-19, o Brasil vive um momento trágico com inúmeras mortes ocasionadas pela doença. O país tem um total de 389 mil óbitos causados pelo coronavírus

Além de uma imunização mais rápida, os movimentos cobraram dos políticos um planejamento consistente para que não faltem medicamentos de "kit intubação" para salvar vidas na pandemia. “Esse povo guerreiro da saúde, tanto enfermeiros como médicos, estão fazendo de tudo para salvar vidas”, afirmou Luiz.

Ainda conforme Luiz, o protesto obedeceu todas as normas estabelecidas para evitar a propagação da Covid-19. Entre eles estão o uso de álcool em gel, o de máscaras e o distanciamento social.