Paraná

Assessoria parlamentar é investigada por possíveis cobranças de cirurgias feitas pelo SUS

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Assessoria parlamentar é investigada por possíveis cobranças de cirurgias feitas pelo SUS
fonte: Divulgação/Polícia Civil
Assessoria parlamentar é investigada por possíveis cobranças de cirurgias feitas pelo SUS

Na manhã desta quarta-feira (02), a Polícia Civil do Paraná (PCPR) iniciou uma investigação sobre assessores parlamentares que supostamente estariam cobrando por cirurgias feitas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Há dois mandados de busca e apreensão para a cidade de Cascavel.

continua após publicidade

A investigação desencadeada pela Polícia Civil, juntamente do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), tem por objetivo apreender documentos e alguns materiais que ajudem nas diligências, sobre o esquema de cobrança inapropriada promovida por assessores e ex-assessores de vereadores da Câmara Municipal da cidade.

As apurações do caso haviam iniciado no mês de agosto pela PCPR, quando policiais do Gaeco prenderam um assessor em flagrante. Ele havia exigido R$ 2.000 para agilizar uma cirurgia eletiva que a pessoa aguardava há anos.

continua após publicidade

Com informações; Paraná Portal.