Aluno autista faz apresentações de ópera através do meeting - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Educação

Aluno autista faz apresentações de ópera através do meeting

Foto por Agência de Notícias do Paraná
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O aluno do Colégio Estadual Pedro Macedo, em Curitiba, William Correa tem impressionado colegas e professores ao apresentar-se através dos meetings cantando ópera. William possui um grau leve de autismo e é atendido por professores da Sala de Recursos.

Neste período de pandemia, a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte está promovendo uma série de atividades lúdicas para integrar esses alunos, e apresentações de talentos como a de William tem sido uma dessas dinâmicas.

De acordo com William, poder vencer sua timidez e apresentar-se para seus colegas de sala de aula e professores tem sido uma grande conquista. “Me sinto tranquilo quando canto, e hoje meu maior sonho é ser cantor de ópera”, diz. 

Luciana de Mello Correa, mãe de William, comemora a conquista do filho. Ela comenta que toda a equipe pedagógica que acompanha William de perto ficou feliz com sua apresentação. “Desde pequeno o William tem o interesse por música, e em especial por ópera. Desde então, temos o incentivado a continuar aprendendo e crescendo mais. O apoio dos professores da Sala de Recursos tem sido fundamental para isso”, afirma.

INCLUSÃO ALIADA ÀS TECNOLOGIAS - Assim como William, outros alunos com necessidades especiais fazem apresentações, via meetings, de suas habilidades. Essa é uma forma que os profissionais da educação encontraram para continuar, mesmo de forma remota, incentivando os alunos a desenvolverem suas habilidades.

Andreith Finato é professora na Sala de Recursos Multifuncional, no Colégio Estadual Pedro Macedo, e conta que aliar tecnologia e inclusão tem se mostrado muito positivo. “Todo novo avanço que eles têm nos faz comemorar e crer que estamos no caminho certo”, explica a professora.

SALA DE RECURSOS - Os professores que atuam na Sala de Recursos focam especificamente no atendimento aos alunos com algum tipo de necessidade especial. Necessidades que variam de transtorno do espectro autista, a déficit de atenção e limitações motoras.

Durante a pandemia, os professores tiveram que se readaptar ao contexto de aula remota e também preparar atividades que atendessem seus alunos especiais de uma forma inclusiva.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Aluno autista faz apresentações de ópera através do meeting"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.