Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Paraná

Centro de produção de medicamentos do Tecpar será ampliado

.

Centro de produção de medicamentos do Tecpar será ampliado
Centro de produção de medicamentos do Tecpar será ampliado

O Centro de Desenvolvimento e Produção de Medicamentos Sintéticos, unidade do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), será ampliado. O anúncio foi feito neste domingo (25) em solenidade com a presença da vice-governadora Cida Borghetti. Serão investidos R$ 35,9 milhões do Ministério da Saúde para produzir medicamentos sintéticos que abastecerão o Sistema Único de Saúde (SUS). Entre os medicamentos, remédios para controle da pressão arterial e contra os cânceres de mama e de próstata.

“A produção desses medicamentos vai abastecer o Brasil e impactar diretamente na vida das pessoas. Ponta Grossa entra para o mapa nacional de produção de medicamentos com esta parceria entre o Tecpar, o Ministério da Saúde e UEPG”, disse Cida.

No evento também foi inaugurada a primeira parte da modernização do Centro de Desenvolvimento e Produção de Medicamentos Sintético. “O Governo do Paraná está investindo e buscando parcerias em inovação e tecnologia para ser referência nacional”, disse Cida, que destacou ainda a unidade do Tecpar de Maringá, que entregará seu primeiro lote de produtos para câncer de mama ainda neste mês.

Cida mencionou também a recém-inaugurada base do serviço aeromédico em Ponta Grossa. “Abrimos a semana aqui em Ponta Grossa com a implantação do aeromédico e hoje mais este investimento que está consolidado a área da saúde em todo o município”, disse.

ECONOMIA PARA O SUS - A nova estrutura do Centro de Desenvolvimento e Produção, que será dentro da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), terá escala industrial, com capacidade de produção de 200 milhões de comprimidos e 100 milhões de cápsulas por ano. A expectativa é que gere um faturamento de R$ 200 milhões por ano.

De acordo com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, com o início da produção na unidade do Tecpar a previsão é a redução de 30 % nos preços dos remédios no mercado. “É a oportunidade da cidade se transformar em um polo de fabricação de medicamentos no país”.

De acordo com o diretor-presidente do Tecpar, Júlio Felix, a produção será de medicamentos de alta complexidade. “Iniciamos aqui um processo novo no Tecpar. São produtos hoje apenas importados que passamos a fazer aqui em Ponta Grossa. Estamos focando na saúde pública do cidadão brasileiro”, disse.

Segundo o prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, o município teve grandes avanços na saúde. “A produção é de extrema importância e relevância, com impacto decisivo nos investimentos de saúde. Um salto de qualidade que a saúde pública alcançou nestes últimos anos. A união de esforços entre os governos federal, estadual e municipal é a melhor solução para ampliar o leque de serviços oferecidos”, afirmou o prefeito.

INAUGURAÇÃO - Com a iniciativa em Ponta Grossa, o Tecpar passa a contar com três plataformas tecnológicas na área da saúde, uma em Curitiba, onde fica o Centro de Desenvolvimento e Produção de Medicamentos Imunológicos, no Campus CIC, e a outra em Maringá, que abriga o Centro de Desenvolvimento e Produção de Medicamentos Biológicos - este último recebeu neste mês recursos na ordem de R$ 82 milhões para o início da obra.

PRESENÇAS - Participaram do evento os secretários de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes; do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Antônio Carlos Bonetti; a vice-prefeita de Ponta Grossa, Elizabeth Silveira Schmidt; o deputado federal, Sandro Alex; a vice-reitora da UEPG, Gisele Alves de Sá Quimelli, demais autoridades e funcionários do Hospital Universitário.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Paraná

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber