Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Paraná

Governo entrega 164 novas viaturas para o sistema penitenciário

.

Richa anuncia antecipação do 13° salário dos servidores estaduais
Richa anuncia antecipação do 13° salário dos servidores estaduais

O governador Beto Richa oficializou nesta segunda-feira (29) a entrega de mais 164 viaturas para o Departamento Penitenciário do Paraná (Depen). Richa afirmou que a ação faz parte de uma série de investimentos na área da segurança pública e que no próximo mês o Estado repassa mais 600 viaturas para as polícias Militar e Civil.

As novas viaturas do sistema penitenciário serão distribuídas para todas as regiões do Estado. Além de modernizar a frota das unidades penais, uma parte será destinada para a Seção de Operações Especiais (SOE), grupo de elite do Depen, que atua em situações de crise no sistema prisional.

Os veículos são utilizados na escolta e transporte de presos, e nas abordagem em penitenciárias e delegacias durante situações de fuga, motins e rebeliões. O investimento total é de R$ 15,7 milhões, sendo R$ 3,8 milhões recursos próprios do Estado e R$ 11,9 milhões do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen).

“De 2011 para cá, compramos 3 mil novas viaturas para ampliar a frota da segurança, a maior aquisição de viaturas que um governo estadual já fez. Também fizemos a maior contratação de policiais no Estado, com 11 mil novos profissionais ruas”, disse ele.

O investimento na área inclui, também, a aquisição de armas, munições e coletes e melhorias nas estruturas e nas condições de trabalhos dos agentes de segurança. “Como resultado, o número de criminosos presos aumentou significativamente no Paraná. No ano passado tivemos uma média de 200 prisões por dia”, destacou o governador.

EFICIÊNCIA
Do total de veículos entregues ao Depen, 62 são caminhonetes Amarok, 40 veículos Gol, 25 Duster e 37 caminhonetes Oroch. No ano passado, o Depen recebeu outros 45 veículos (25 Duster e 18 camburões para o transporte de presos).

“Vamos atender a todas as penitenciárias do Estado e a nossa unidade de força, que estará com equipamento à altura do que precisa para que atue de forma eficiente e permanente”, explicou o diretor do Depen, Luiz Alberto Cartaxo. Ele antecipou que novos veículos serão entregues. “Nunca na história o Depen recebeu tantas viaturas”, afirmou.

O diretor da Penitenciária de Francisco Beltrão, Antonio Marcos, disse que a unidade vai receber dois novos veículos, que trarão mais conforto e segurança aos agentes e mais dignidade no transporte de presos. “Os investimentos são necessários, porque no dia a dia lidamos com seres humanos que estão privados de liberdade, mas que logo retornarão à sociedade”, explicou.

OPERAÇÕES ESPECIAIS
Para o SOE serão destinadas 24 viaturas. O chefe da divisão de operações e segurança, Humberto Benigno, explicou que o grupo atua na intervenção quando há crises no sistema prisional. “Os veículos serão distribuídos nas cinco bases do SOE para serem utilizados nas escoltas e deslocamentos”, informou. “Investimentos como este influenciam de forma direta e eficaz no atendimento das crises e na preservação da vida de todos que atuam nesta área”, salientou.

PRESENÇAS
Participaram do ato a vice-governadora Cida Borghetti; o presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano; o delegado-geral da Polícia Civil, Júlio Reis; o chefe da Casa Militar, coronel Élio de Oliveira Manoel; os secretários de Estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Artagão Júnior, e da Cultura, João Luiz Fiani; os presidentes do BRDE, Orlando Pessuti; e da É-Paraná, Sérgio Kobaiashi; o defensor público geral do Paraná, Eduardo Abraão, e os deputados estaduais Luiz Cláudio Romanelli, Alexandre Curi, Guto Silva, André Bueno, Cristina Silvestri, Paulo Litro e Rubens Recalcatti.BOXModernização do sistema inclui obras, celas modulares e centros de triagemO sistema prisional do Paraná passa por uma modernização. São 14 obras em andamento, entre construções e ampliações de unidades penais. Os trabalhos já foram iniciados. O objetivo é abrir cerca de mais de 9 mil vagas, número suficiente para retirar os presos que estão hoje custodiados em delegacias de polícia, segundo o diretor do Depen, Luiz Alberto Cartaxo.

No ano passado, o Governo do Estado liberou a instalação de celas modulares (shelters), que vão abrir 684 novas vagas no sistema carcerário estadual em 2018. O investimento é de R$ 8 milhões.

Também está prevista a construção de uma penitenciária modular no Complexo de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, com capacidade para cerca de 600 presos. A previsão de entrega é 2018 e o investimento é da ordem de R$ 35 milhões – recursos do Fundo Penitenciário Nacional transferidos para o Fundo Penitenciário Estadual. O início das obras está previsto para os próximos dias.

Outro projeto é a instalação de quatro Centros de Triagem no Interior do Estado. As obras emergenciais serão iniciadas no primeiro trimestre deste ano e concluídas em quatro meses.

“Os projetos estão prontos e sendo adequados à disponibilidade orçamentária da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária”, explicou. “Pretendemos extinguir muito rapidamente a permanência de presos em delegacias de polícia”, ressaltou Cartaxo.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Paraná

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber