Mais lidas
Paraná

Capacitação reforça funções do Conselho Tutelar

.

Conselheiros tutelares, técnicos e gestores dos Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente da região de Curitiba participaram da capacitação “Papel do Conselho Tutelar”. Participaram do evento, que foi promovido pela Secretaria da Família e Desenvolvimento Social (Seds) na quarta-feira (25), cerca de 90 técnicos de 29 municípios da região de Curitiba.

“Sempre que somos capacitados, temos mais clareza do nosso trabalho, e isso garante melhor atendimento às pessoas. Quando atuamos em rede, o impacto positivo para aqueles que estão em vulnerabilidade e risco é maior”, explica a chefe do escritório regional de Curitiba, Leslie Skroch.

REDE – O Paraná conta com 420 conselhos tutelares e 399 conselhos municipais dos direitos da criança e do adolescente, em todas as cidades do Estado. “A interação entre integrantes dos dois conselhos é necessária, porque existem desafios no dia a dia que o alinhamento das ações pode resolver”, destaca o coordenador da Política da Criança e do Adolescente, Alann Bento.

Os conselhos tutelares atuam quando a criança e o adolescente já tiveram seus direitos violados. “Ninguém trabalha sozinho. É preciso trabalhar em rede, em conjunto com outros órgãos de proteção da criança e do adolescente, para proteger os direitos desse público”, comenta o coordenador.

EM CAMPO – O conselheiro tutelar João Carlos Pires de Camargo, de Curitiba, trabalha na área desde 2013. Formado como educador infantil, ele se interessou pela causa tutelar, porque já sentiu na pele como um bom atendimento pode mudar uma vida.

“Na minha adolescência, eu participei de alguns programas sociais e fui muito bem atendido por um conselheiro, então, desde sempre eu admiro essa profissão. Quando eu trabalhava na área de educação, representava a minha instituição nas reuniões da rede de proteção e ali comecei a alimentar o interesse”, conta Camargo.

Na visão dele, a capacitação garante maior qualidade ao seu trabalho. “Todo evento que trata de nossa profissão, acrescenta conhecimento ao nosso dia a dia de trabalho. Além disso, nos dá a oportunidade de expor nossos desafios, nossa realidade também e esclarecer as nossas dúvidas”.

A mesma opinião tem Jeferson Ohpis, presidente do segundo Conselho Tutelar de Araucária, criado recentemente devido à demanda no município. “Com a capacitação a gente reduz a possibilidade de errar e, abrangendo todas as áreas, conseguiremos ter uma sociedade mais humana”, diz.

Jeferson explicou que o conselho tem como prioridade a criança, mas os pais também precisam de atenção. “Trabalhando a família, conseguimos deixar o lar mais humano para a criança e adolescente. Damos noções de higiene e encaminhamos os responsáveis pela criança para tratamento, no caso de dependência de drogas”.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber