Mais lidas
Paraná

Sebrae/PR e Fiep disponibilizam recursos para inovação nas MPEs

.

Para atender às demandas de processos, produtos e serviços da área tecnológica dentro de micro e pequenas empresas (MPEs), o Sebrae/PR e a FIEP criaram o Voucher Tecnológico, que tem apoio do Senai. A parceria entre as entidades foi celebrada  na semana passada, pelo diretor-superintendente do Sebrae/PR, Vitor Roberto Tioqueta, diretor de Administração e Finanças do Sebrae/PR, José Gava Neto, superintendente da Fiep, Reinaldo Victor Tockus e pelo superintendente do Sesi/IEL e diretor do Senai no Paraná, José Antonio Fares.

O produto foi desenvolvido para promover a competitividade e proporcionar a transformação digital das empresas, oferecendo acesso, de forma simples, a soluções em conectividade de equipamentos de fabricação, realização de ensaios investigativos e produção de protótipos de projetos em fase inicial.

O diretor-superintendente do Sebrae/PR, Vitor Tioqueta, destaca que o incentivo à inovação tecnológica já é desenvolvido com o programa Sebraetec, que dá acesso à recursos essenciais nesta área para as MPEs manterem a competitividade. A parceria com o Sistema Fiep, específica para o Voucher Tecnológico, trará uma oportunidade a mais para empresas de pequeno porte investirem em inovação.

“O Voucher Tecnológico abre mais uma possibilidade de recurso para os pequenos empreendedores realizarem melhorias na linha de inovação com custos reduzidos, além de proporcionar acesso às tecnologias-chave da indústria 4.0”, afirma Tioqueta.

Durante a assinatura, o superintendente do Sesi/IEL e diretor do Senai no Paraná, José Antonio Fares, manifestou a importância desta cooperação. Para ele, a parceria é relevante porque aproxima o Instituto Senai das MPEs, mostrando que os serviços do Senai não são voltados somente para as grandes corporações.

"Queremos atender massivamente as empresas com estratégias de negócios, melhoria de produtividade, ferramentas de inovação, digitalização de processos e incentivo à indústria 4.0”, projeta. Fares acrescenta também que, dentro de uma cadeia produtiva, é importante que estas empresas sejam fortalecidas em inovação tecnológica e incentivadas a se desenvolverem. 

Podem participar deste projeto, o microempreendedor individual (MEI), micro e pequenas empresas. Cada CNPJ poderá solicitar um voucher com limite de R$ 30 mil.  Para ter acesso aos recursos, os empreendedores de MPEs devem fazer inscrição no site http://www.fiepr.org.br/parceriasebraetec/ até o dia 12 de novembro e aguardar a análise documental.

As solicitações aprovadas serão atendidas em ordem de chegada da inscrição e até chegar ao limite financeiro do subsídio, que é de R$ 1,4 milhão. Como contrapartida, os participantes filiados aos sindicatos patronais da indústria terão que investir 20% do valor total e, os participantes não filiados, 30%. As solicitações aprovadas serão divulgadas no site do programa Sebraetec até o dia 30 de novembro.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber