Mais lidas
Mundo

Suspeito de envenenar comida para bebês é preso

.

Um homem de 55 anos suspeito de ter envenenado potes de comida para bebês e de ter ameaçado contaminar produtos em diferentes supermercados se não recebesse milhões de euros foi detido pela Polícia alemã, informaram neste sábado fontes desta instituição.

Em um comunicado conjunto, a Polícia de Konstanz e a Promotoria de Ravensburg (sul do país) assinalaram que as suspeitas sobre o homem, de nacionalidade alemã e detido ontem de tarde, foram reforçadas.

As forças de segurança chegaram até ele graças a pistas dadas pelos cidadãos, depois que as autoridades tornaram público a chantagem na quinta-feira passada e divulgaram a imagem que tinham captado do suspeito nas câmeras de segurança de um supermercado.

Após o alerta ser dado, milhares de pessoas entraram em contato com a Polícia, que advertiu da gravidade do caso e apontou que levava a ameaça “muito a sério”.

O suspeito enviou supostamente mensagens de chantagem às principais redes de supermercados e drogarias alemãs advertindo que se não lhe pagassem vários milhões de euros colocaria em filiais de todo o país produtos envenenados.

Para demonstrar a seriedade de sua ameaça, o homem já tinha distribuído vários potes de comida de bebês contaminados em lojas da cidade de Friedrichshafen (sudoeste) e indicou onde o tinha feito, pelo que a Polícia pôde confiscar os frascos.

O produto usado para contaminar a comida infantil foi etilenoglicol, um composto químico incolor e ligeiramente doce que se utiliza, por exemplo, como anticongelante.

A Polícia e a Promotoria convocaram uma coletiva de imprensa para esta tarde para dar detalhes do caso. 

Exame


×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber