Astrônomos estudarão misterioso visitante interestelar em busca de sinais alienígenas - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Mundo

Astrônomos estudarão misterioso visitante interestelar em busca de sinais alienígenas

Astrônomos estudarão misterioso visitante interestelar em busca de sinais alienígenas
Foto por
Escrito por DA REDAÇÃO
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Pesquisadores usarão os maiores telescópios para observar o primeiro cometa a vir de fora do Sistema Solar.

Cientistas estão observando o primeiro asteroide interestelar, chamado Oumuamua (Primeiro mensageiro, em havaiano), desde sua descoberta em outubro. A partir da quarta-feira (13), uma equipe de astrônomos o estudará em busca de sinais que possam ser associados a formas de comunicação de uma vida inteligente extraterrestre, informou o portal The Atlantic.

Avi Loeb, professor de astronomia da Universidade de Harvard, entrou em contato com o bilionário russo Yuri Milner, o financiador do Breakthrough Listen, um ambicioso projeto científico para busca de vida extraterrestre em outras galáxias. O acadêmico pediu permissão para usar um dos maiores telescópios do mundo, situado na Virgínia Ocidental (EUA), para observar o Oumuamua, considerado o primeiro cometa a vir de fora do Sistema Solar, em busca de sinais de rádio alienígenas.

Desta forma, Breakthrough Listen anunciou em um comunicado que o telescópio do Green Bank estudará o objeto interestelar a partir da quarta-feira. Espera-se que a primeira fase de observações dure dez horas e sintonize quatro bandas de transmissão de rádio diferentes.

"É provável que seja de origem natural, mas dado que é tão peculiar, gostaríamos de provar se mostra algum sinal de origem artificial, como emissões de rádio", disse Loeb, que também é consultor do projeto Breakthrough Listen. "Se detectarmos um sinal que pareça ter uma origem artificial, saberemos imediatamente."

Além disso, Loeb sublinhou que "caso a maioria dos objetos interestelares sejam naturais, ainda poderia haver um em um milhão que seja especial". Portanto, o pesquisador concluiu: "Devemos verificar todos e cada um deles."

De acordo com Andrew Siemion, diretor do SETI Research Center da Universidade da Califórnia em Berkeley, a presença de Oumuamua dentro do nosso Sistema Solar permite que Breakthrough Listen “alcance sensibilidades sem precedentes a possíveis transmissores artificiais”. 

Milner, por sua vez, opina que sua equipe de pesquisadores deve se aproveitar da oportunidade para estudar Oumuamua antes que ele desapareça para sempre. O asteroide passará pela órbita de Júpiter no próximo ano e estará mais longe do que Plutão em 2020.

Fonte:

Agência de Notícias Sputnik



Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Astrônomos estudarão misterioso visitante interestelar em busca de sinais alienígenas"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Mais Notícias