Mundo

Camboja cria porcos da raça Durok geneticamente modificados; (vídeo)

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Camboja cria porcos da raça Durok geneticamente modificados
Camboja cria porcos da raça Durok geneticamente modificados

Fotos de porcos extremamente musculosos criados por uma fazenda no Camboja fizeram as rondas on-line, provocando polêmica sobre animais geneticamente modificados. Os porcos bombadões são aparentemente criados pela Duroc Cambodia, uma granja suína na província de Banteay Meanchey. 

continua após publicidade
Camboja cria porcos da raça Durok geneticamente modificados; (vídeo) fonte: Reprodução

A página do Facebook da empresa está cheia de fotos e vídeos desses animais estranhamente musculosos que parecem ser o resultado de alguma manipulação genética extrema. Alguns acusaram o criador de usar hormônios e esteroides para transformar os porcos em monstros dignos dos piores pesadelos.

Camboja cria porcos da raça Durok geneticamente modificados; (vídeo) fonte: Reprodução

 Mas ao saber que a Duroc Cambodia também está vendendo kits de inseminação para pessoas que desejam cultivar o seu próprio leitão marombeiro, permite inferir que seu físico não natural é provavelmente causado por modificações genéticas.

continua após publicidade
Camboja cria porcos da raça Durok geneticamente modificados; (vídeo) fonte: Reprodução

A atividade de incrementar a massa muscular destes animais poderia ser atribuída pela ganância, pois os criadores procuram maximizar seus lucros ao aumentar artificialmente a quantidade de carne por animal.

Camboja cria porcos da raça Durok geneticamente modificados; (vídeo) fonte: Reprodução

- "Os porcos sofrem mesmo sem essa "ciência frankensteiniana". Nas fazendas típicas de suínos, seus rabos são cortados, seus dentes sensíveis são arrancados e os machos são castrados, tudo sem uma aspirina sequer" disse a organização.

A Duroc Cambodia vem compartilhando atualizações sobre os porcos incrivelmente musculosos desde dezembro do ano passado.

Fonte - realnews24.com