Mundo Bizarro

Homem acorda do coma dois dias depois de desligarem as máquinas

Da Redação ·
Foto: DR
Foto: DR

Um homem, de origem australiana, ficou em coma durante um mês, depois de ter sido agredido com uma pancada na cabeça durante uma festa. Quando já ninguém acreditava na sua recuperação,ele acordou dois dias depois de ter sido desligado dos aparelhos.

continua após publicidade

Beau Shortis, pai de três crianças, saiu do coma dois dias depois de a sua família, que perdeu toda a esperança, decidir desligar a máquina de suporte vital, diz o site informativo "9 News".

O homem, de 35 anos, foi vítima de agressão num bar em Melbourne, na Austrália. Beau ficou em estado de coma, depois de ter ter fraturado o crânio. O golpe foi de tamanha violência que lhe causou danos cerebrais, fraturas nas vértebras fraturadas, a perda de visão de um olho e amnésia.

continua após publicidade

A vítima ficou em coma durante vinte e seis dias, até que os médicos do Alfred Hospital disseram à família que não havia mais nada a fazer e recomendaram desligar a máquina.

" A minha mãe e eu estávamos a planejando o funeral porque já não tínhamos esperança", disse Donna Griffiths, irmã de Beau.

Sem qualquer expectativa, dois dias depois de desligarem o suporte básico de vida, o homem despertou.

continua após publicidade

Os especialistas disseram que que seria improvável que Beau conseguisse andar daqui a seis ou nove meses. Menos de oito semanas depois, o australiano regressou a casa. 

Ele não se lembra da noite em que foi agredido, mas a experiência lhe deu uma nova perspetiva de vida.

"Me fez-me pensar nos meus filhos. Perder o pai é algo que não desejo a ninguém, especialmente a pessoas mais novas", disse Beau Shortis.

Fonte- site informativo "9 News".