​Britânica acha em banana aranha que causa ereção e morte - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Mundo Bizarro

​Britânica acha em banana aranha que causa ereção e morte

Britânica acha aranha que causa ereção e morte em banana Foto: Daily Mail / Reprodução
Foto por
Escrito por Com informações do Terra
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Maria Layton foi servir uma banana à filha de seis anos quando percebeu uma mordida estranha na fruta. Ao olhar no cacho, percebeu que havia ovos de uma aranha e se desesperou ao descobrir que se tratava da espécie fatal “armadeira”. As informações são do GMA Network.

Chocada com a descoberta, ela tentou falar com o serviço de atendimento do supermercado Tesco, no País de Gales. Porém, eles só responderam que ela deveria levar o produto à loja onde o marido havia comprado as frutas. “Eles foram inúteis, não conseguiam me ajudar com informações sobre precauções e cuidados. Não sabia se os ovos podiam ter se esparramado pela minha casa, nem como manuseá-las”, afirmou.

Ela acrescentou que a teia começou a se desfazer, então a colocou em uma caixa selada no congelador, “pois eu li que isto poderia matar as aranhas”.

Layton disse que as bananas foram exportadas da Costa Rica, habitat natural da espécie Armadeira (Phoneutria nigriventer), cujo veneno pode dar a um homem uma dolorosa ereção de quatro horas - inclusive, seu veneno está sendo estudado para uso em tratamentos de disfunção erétil. 

Outras reclamações ao Tesco sobre a presença de aranhas em frutas já foram feitas anteriormente a este caso.

Confira matéria completa AQUI

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "​Britânica acha em banana aranha que causa ereção e morte"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Mais Notícias