Com nova sede, Centro de Especialidades vai ampliar atendimento em 66% - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Maringá

Com nova sede, Centro de Especialidades vai ampliar atendimento em 66%

Com nova sede, Centro de Especialidades vai ampliar atendimento em 66%. Foto: Divlgação
Foto por
Escrito por da redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O Governo do Estado está investindo R$ 13 milhões na construção da nova sede do Centro de Especialidades em Maringá, obra que deve ser concluída ainda no primeiro semestre do ano que vem. A expectativa é que com a nova edificação sejam realizados cerca de 20 mil procedimentos por mês, 66% a mais do que na atual sede.O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, explica que a intenção é ampliar a capacidade de atendimento e garantir mais conforto aos usuários. 

“Trata-se de um projeto inovador, que modifica a forma com que o paciente é atendido na área de especialidades. O objetivo é proporcionar assistência integral às necessidades da pessoa”, revelou.Segundo ele, a ideia é oferecer, em um mesmo dia e em um mesmo espaço, todas as consultas e exames necessários para que o paciente não perca tempo e saia de lá já com o tratamento indicado. “O atendimento é multiprofissional. Concentrando consultas e exames num mesmo prédio tornamos este serviço cada vez mais resolutivo”, afirmou o secretário.

O novo Centro de Especialidades será referência em média complexidade para pacientes de Maringá e mais 29 municípios, onde vivem quase 800 mil pessoas. O Estado aplicará ainda outros R$ 4 milhões na compra de equipamentos, modernizando o parque tecnológico já existente.O local terá 4 mil metros quadrados, divididos em dois pavimentos. Parte da estrutura física já está pronta e em algumas alas os trabalhos entraram na fase de acabamento. De acordo com a última medição, quase metade da obra já foi concluída.O espaço vai abrigar a ala ambulatorial e também os setores administrativos do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Setentrião Paranaense – Cisamusep, responsável por gerenciar a unidade. 

Serão 32 consultórios médicos, odontológicos e de equipe multiprofissional; três salas cirúrgicas para pequenos procedimentos; setor de imagem completo com 15 salas de exames; setor de observação e ambulatório da Rede Mãe Paranaense. 

A secretária executiva do Cisamusep, Zuleide Bezerra Dalla Costa, declara que a obra vai formar um grande complexo da saúde em Maringá. “Na mesma quadra funcionarão o Hospital Municipal, a Unidade de Pronto Atendimento 24 horas, a Central de Regulação do Samu e o Centro de Especialidades do Paraná”, relatou.Hoje, o Centro de Especialidades de Maringá funciona em um prédio alugado, cujas despesas são bancadas com recursos do Governo do Estado. O local é um antigo hospital, com mais de 60 anos, que foi adaptado para atender as necessidades do serviço.

“A mudança de prédio vai gerar uma economia de R$ 432 mil por ano e ainda permitir a instalação de novos equipamentos, como aparelhos de endoscopia e colonoscopia”, ressaltou Zuleide. O horário de funcionamento também será estendido. Serão duas horas a mais de atendimento, com a abertura da unidade às 7 horas e o fechamento às 19 horas.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Com nova sede, Centro de Especialidades vai ampliar atendimento em 66%"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.

Mais Notícias