Maringá

Acusado de dois latrocínios em Maringá pede perdão ao ser preso

Da Redação ·
Jeferson Jonatas Pires, de 32 anos, matou duas pessoas a facadas durante roubos em Maringá - Imagem: Reprodução
Jeferson Jonatas Pires, de 32 anos, matou duas pessoas a facadas durante roubos em Maringá - Imagem: Reprodução

A polícia prendeu, na noite de quinta-feira (12), na Avenida Londrina, em Sarandi (norte do Paraná), Jeferson Jonatan Pires, de 32 anos, acusado de matar duas pessoas durante assaltos em Maringá no início desta semana.

continua após publicidade

De acordo com investigadores, o detido confessou a autoria dos dois latrocínios (roubar e matar).  Policiais civis e militares participaram da operação, que começou na tarde de quinta-feira (12), com perseguição de suspeitos em uma mata localizada em um dos bairros de Sarandi.  

Durante a ação a polícia trocou tiros com criminosos e na ocasião os bandidos conseguiram fugir.  Após algumas horas, a polícia conseguiu prender o principal suspeito dos latrocínios ocorridos no centro de Maringá. Os outros dois suspeitos que estavam junto com Jeferson no dia dos crimes permanecem foragidos.

continua após publicidade

OS CRIMES
Os latrocínios ocorreram na madrugada de segunda-feira (8). O primeiro roubo seguido de morte vitimou Roberto Aparecido de Souza, de 41 anos, na Avenida Brasil. Já o segundo crime aconteceu 15 minutos depois, na Avenida Colombo.

Cleidson João dos Santos, de 24 anos, também foi esfaqueado e morreu. Os três assaltantes envolvidos nos crimes ocupavam um veículo GM Monza. A polícia ainda realiza diligências para fazer a detenção dos outros dois envolvidos nos latrocínios.