Maringá

​Enfermeira aplica insulina em vez de vacina contra gripe A em 50 pessoas

Da Redação ·
Enfermeira alegou que confundiu as embalagens - Foto: Divulgação/Ilustração
Enfermeira alegou que confundiu as embalagens - Foto: Divulgação/Ilustração

A Secretaria Municipal de Saúde de Maringá abriu uma sindicância na tarde desta sexta-feira (29) para apurar um erro na imunização contra gripe A. Uma funcionária do Hospital Municipal aplicou doses de insulina em vez de vacinas contra H1N1 em 50 pessoas, na manhã de quinta-feira (28). A enfermeira teria trocado os frascos acidentalmente e aplicou em pessoas que trabalham na unidade. Todas as pessoas que receberam as doses de insulina ficaram internadas em observação e foram liberadas no início da noite.  Segundo informações da secretaria, a falha foi percebida logo após a aplicação. 

continua após publicidade

Os funcionários receberam as doses porque, segundo a secretaria, estão incluídos no grupo prioritário da Campanha de Vacinação, estabelecida pelo Ministério da Saúde. 

A enfermeira está grávida e também teria aplicado uma dose de insulina em si mesma. A insulina é um hormônio usado no tratamento de diabetes e a servidora alegou que confundiu o medicamento com a embalagem da vacina. A Secretaria Municipal de Saúde informou que, aplicada indevidamente, pode causar sonolência, fraqueza, taquicardia e tremores.

continua após publicidade

A mobilização nacional contra o vírus da influenza (dia D) acontece neste sábado (30). No Paraná a expectativa é imunizar 2,9 milhões de pessoas. 

OITOS MORTES NO PR - A Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) confirmou a morte de mais três pessoas no Paraná em decorrência da gripe H1N1. Agora, o número de mortes no Estado neste ano provocadas pela doença chega a oito casos. Os outros casos de óbitos ocorreram em Maringá, Quitandinha, Umuarama e São José dos Pinhais.

Em Apucarana, no norte do Estado, cinco óbitos por suspeita de gripe A estão sendi investigados. A informação foi confirmada na quinta-feira (28) pela Autarquia Municipal de Saúde (AMS).