​Papai Noel dos Correios morre em Maringá com suspeita de H1N1 - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Maringá

​Papai Noel dos Correios morre em Maringá com suspeita de H1N1

Imagem ilustrativa (Foto: Reprodução/arquivo)
Foto por
Escrito por DA REDAÇÃO
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

A Secretaria Municipal da Saúde Pública de Maringá (norte do Paraná) confirmou nesta terça-feira que apura a causa da morte de um homem de 56 anos, com suspeita de ter contraído o vírus da gripe H1N1. Ele era conhecido na cidade como "Papai Noel do Correios", pois durante vários anos assumia a identidade do "Bom Velhinho" em período natalino para entregar presentes a crianças carentes que mandavam cartas endereçadas ao Papai Noel. Ele residia com uma irmã.

A secretaria reiterou que os casos confirmados de H1N1 (gripe A) dobraram em Maringá durante a última semana. Na semana passada foi confirmado que a gestante Letícia Naiara Nazareth Silva, 22 anos, morreu em decorrência da gripe H1N1. Desde ontem (18), a Secretaria de Saúde de Maringá promove uma série de ações de prevenção e orientação em locais de grande circulação, como o terminal urbano da cidade e as feiras livres. A meta é alertar a população sobre a importância dos cuidados para evitar a proliferação do vírus.

SINTOMAS
Os principais sintomas da gripe H1N1 são falta de ar, respiração ofegante, cansaço, vômito e dor abdominal. A pessoa infectada pode contagiar os demais um dia antes dos sintomas aparecerem e sete dias depois. A orientação inicial é para que as pessoas bebam bastante líquido e procurem um médico o mais rápido possível.

PREVENÇÃO
Medidas de prevenção como uso do álcool em gel, lavar as mãos sempre que possível, manter os ambientes arejados e ventilados, evitar locais aglomerados em casos de simples resfriados e cobrir com o braço o nariz e a boca no momento em que for tossir ou espirrar são algumas das recomendações para evitar o contágio. 

APUCARANA
Em Apucarana (Norte do Estado), o Departamento de Epidemiologia da Autarquia Municipal de Saúde (AMS) investiga dois casos suspeitos de H1N1, que resultaram nas mortes de um homem de 48 anos e uma mulher de 33 anos, ocorridas no Hospital da Providência, onde ficaram internadas para tratamento médico. Nas duas situações, houve coleta de material para análise no Laboratório Central do Estado (Lacen), em Curitiba.

2015/PARANÁ
Em 2015, o Paraná registrou 970 casos de Influenza, sendo 139 de H1N1. As mortes por gripe totalizaram 26 casos, das quais quatro foram provocadas pelo vírus H1N1.

BRASIL

O Brasil já registra mais de 153 mortes por complicações da gripe H1N em 20161. Em todo o ano passado, foram 36 registros.  O Estado de São Paulo concentra a maioria das mortes por complicações da gripe, com 70 registros. Em seguida, estão Goiás (6), Santa Catarina (5) e Bahia (3), entre outros dez Estados, com dois ou um registro cada.  

O número de casos de síndrome respiratória aguda grave ligados ao H1N1 chegou a 686, aumento de 76% em relação ao registrado em todo o ano anterior, quando houve 141 registros.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "​Papai Noel dos Correios morre em Maringá com suspeita de H1N1"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.

Mais Notícias