Mais lidas

    Maringá

    Maringá

    ​Projeto prevê que imobiliárias de Maringá devem esclarecer atividades permitidas ao locar imóveis

    O projeto foi elaborado pelo vereador Odair Fogueteiro (foto, PMN)
    Foto por Reprodução
    Escrito por Com informações do Maringá News
    Publicado em 07.04.2015, 13:52:00 Editado em 27.04.2020, 20:01:10
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Os vereadores de Maringá votarão na sessão desta terça, 7, projeto do vereador Odair Fogueteiro (foto, PMN) que torna obrigatório que imobiliárias informem em banners, cartazes, placas e faixas as atividades comerciais permitidas nos imóveis para locação sob sua responsabilidade.

    As penalidades para quem descumprir a lei variam de advertência a multa de R$ 1 mil a cada nova constatação da infração. Com informações de Maringá news.

    Em primeira discussão será votado projeto do vereador Carlos Eduardo Saboia Gomes (PMN) que torna obrigatória a instalação de gerador ou fonte alternativa de energia elétrica em boates e casas de shows com capacidade acima de 300 pessoas. O gerador deverá ser capaz de atender todas as necessidades dos estabelecimentos em caso de falha no fornecimento de energia elétrica.

    O projeto do Executivo que acrescenta o Clube Atlético Alvorada entre as entidades que a administração está autorizada a firmar convênios, acordos, ajustes e termos de cooperação, que chegou a ser retirado de pauta, volta para ser votado em primeira discussão.

    Também em primeira discussão, projeto do vereador Luiz Pereira (PTC) denomina Messias Borges de Souza a rua 31.061, na Zona 31. Em discussão única os vereadores irão votar 14 requerimentos.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Maringá

    Deixe seu comentário sobre: "​Projeto prevê que imobiliárias de Maringá devem esclarecer atividades permitidas ao locar imóveis"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.