Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Londrina

Reitora da UEL reafirma envio de dados para o Meta4

.

Em reunião na Secretaria de Estado da Administração e da Previdência, nesta sexta-feira (26), a reitora da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Berenice Jordão, reafirmou o envio dos dados necessários para o processamento da folha dos servidores da instituição garantindo o pagamento dos salários de janeiro e dando início à migração para o sistema RH Paraná Meta4.

O encontro teve a presença dos secretários estaduais da Administração e da Previdência, Fernando Ghignone; da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes; e da Comunicação Social e Chefia de Gabinete, Deonilson Roldo, além de representantes das Secretarias da Fazenda e do Planejamento, da Procuradoria Geral do Estado, e assessores da Universidade.

“A maior preocupação da Universidade é que não haja comprometimento do pagamento de janeiro e dos subsequentes, porque são cinco mil famílias dependendo disso”, afirmou a reitora. Ainda há documentos a serem apresentados pela UEL até o início da próxima semana para que os valores sejam depositados em 31 de janeiro.

Fernando Ghignone disse que o Estado vem, há mais de um ano, alertando sobre os riscos e pedindo aos reitores a documentação para implantação da folha de pagamento no sistema estadual. Com o recebimento agora de parte dos documentos da UEL, os servidores estão empenhados no processamento para não haver atraso.

Ghignone lamentou que a reitoria da Universidade Estadual de Maringá (UEM) seja a única a não responder de forma satisfatória até agora, o que poderá causar problemas para o pagamento dos servidores daquela instituição.

Segundo o secretário, o Sistema Integrado de Finanças Públicas do Estado do Paraná, conhecido como Novo Siaf, que passou a funcionar este mês, não prevê outra solução para controle de execução orçamentária e financeira de pessoal do Estado que não seja o RH Paraná Meta4. “Não existe forma de fazer pagamento sem a adesão ao programa Meta4”, afirmou. O Novo Siaf responde a parâmetros da Lei de Responsabilidade Fiscal e a integração com o Meta4 é exigência da Lei de Diretrizes Orçamentária.

O secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior acentuou que tem falado com o reitor da UEM para que haja a mesma compreensão das outras universidades sobre a necessidade de adesão ao Meta4, base dos dados de pessoal no Novo Siaf. “Esperamos que haja o engajamento da UEM para que a gente possa solucionar definitivamente essa questão para todas as universidades”, afirmou João Carlos Gomes.

A reitora da UEL disse que vem acompanhando o desenvolvimento do novo sistema de controle orçamentário e financeiro do Estado, que prevê a base do Meta4 para processamento da folha. “Precisa de um período de bastante entendimento entre as partes para que funcione perfeitamente”, destacou.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Londrina

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber