Mais lidas
Londrina

Entrega de máquinas a consórcio reúne três ministros e governador

.

Governador e ministros durante entrega. Foto: Delair Garcia
Governador e ministros durante entrega. Foto: Delair Garcia

O Consórcio Público Intermunicipal de Inovação e Desenvolvimento do Estado do Paraná (Cindepar) recebeu em solenidade oficial na sexta-feira (28), em Londrina, novas máquinas e equipamentos para execução de serviços de infraestrutura nos municípios associados. O evento, realizado no Parque de Exposições Ney Braga, reuniu os ministros Helder Barbalho, da Integração Nacional, Ricardo Barros, da Saúde, e Osmar Serraglio, da Justiça, além do governador Beto Richa (PSDB), vice Cida Borghetti (PP), prefeitos de toda a região, deputados federais e estaduais e secretários de Estado.

Foram entregues oito máquinas especiais para pavimentação asfáltica e recape e caminhões adquiridos com recursos obtidos através de emendas parlamentares via Ministério da Integração Nacional, num valor aproximado de R$ 2,5 milhões, mais uma contrapartida do consórcio no valor de R$ 385 mil. Deputados estaduais também estão colocando emendas no orçamento do Estado para auxiliar o Cindepar no custeio dos serviços.O Cindepar reúne hoje 123 municípios do norte, noroeste, norte pioneiro e Vale do Ivaí. O Cindepar foi criado em 2013, reunindo 11 municípios, num trabalho de organização feito pelo deputado federal Alex Canziani (PTB). Através do Cindepar, hoje prefeituras podem executar serviços de pavimentação e recape asfáltico a um custo até 70% mais baixo do que o executado por conta própria. Uma máquina de micropavimento pode fazer em torno de 5 mil metros quadrados de recape em apenas um dia.

“Não há nada mais forte do que uma ideia cujo tempo chegou”, disse Canziani, lembrando frase de Vítor Hugo para destacar como o consórcio foi criado em 2013 e ganhou força nesses três anos. Segundo ele, com inovação e união dos municípios é possível enfrentar as dificuldades de um governo municipal.O governador Beto Richa anunciou na ocasião uma medida para reduzir ainda mais os custos destes projetos. Ele autorizou que a gestão da fábrica de tubos de concreto de Arapongas, pertencente ao governo estadual, passe a ser feita pelo Cindepar, em parceria com o Instituto Águas do Paraná. 

O objetivo é diminuir custos na construção de galerias pluviais, obra que combate a erosão e tem de ser feita antes do asfaltamento.Beto Richa afirmou que o governo estadual é parceiro de todos os municípios paranaenses e de seus consórcios. “Os prefeitos reconhecem o caráter municipalista da nossa gestão, pois apoiamos as iniciativas das prefeituras e dos consórcios e fazemos investimentos”, afirmou.Ele ressaltou a criação e a evolução do Cindepar. “Isso mostra que os prefeitos percebem a importância da união, sobretudo para ampliar a pavimentação asfáltica nas cidades”, disse.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber