Mais lidas
Londrina

​Sismógrafo da USP instalado em Londrina registra tremor de 1,9 grau

.

Um dos quatro sismógrafos instalados pelo Centro de Sismologia da USP em Londrina detectou tremor Foto: Celso Pacheco/Grupo Folha/Portal Bonde
Um dos quatro sismógrafos instalados pelo Centro de Sismologia da USP em Londrina detectou tremor Foto: Celso Pacheco/Grupo Folha/Portal Bonde

Um dos quatro sismógrafos (aparelho que detecta tremores de terra) instalados pelo Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP) em Londrina, na região norte do Paraná, detectou, na tarde de terça-feira (16), um tremor que alcançou 1,9 grau na escala Richter. O abalo sísmico também foi percebido, às 16h02, pelas estações de Fartura (SP), Pitanga (PR) e Pacaembu, situada na Capital Paulista. 

Nos registros anteriores, quando diversos moradores de Londrina - sobretudo da zona leste da cidade - reportavam terem sentido o tremor, desta vez não houve manifestação por parte dos londrinenses.

"Acho curioso que não tenhamos recebido nenhuma notificação. Precisamos investigar, mas o fato de ninguém ter reportado o abalo pode significar que ele foi mais profundo que os demais ou que seu epicentro foi mais distante, possivelmente em outra cidade da região", afirma o técnico em sismologia do Centro da USP José Roberto Barbosa.

Fonte: matéria de Auber Silva - Portal Bonde

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber