Londrina

Em Londrina, praça vai ter telescópios de graça para observação da Super Lua

Da Redação ·
Foto - Pixabay
Foto - Pixabay

O Grupo de Estudo e Divulgação de Astronomia de Londrina (GEDAL), em parceria com o Museu de Ciência e Tecnologia de Londrina (norte do Paraná) promovem na noite desta segunda-feira (14) mais uma edição do projeto “Na Rua, de olho pra Lua”, com foco na observação do fenômeno da “super lua”, que ocorre nesta noite em magnitude similar a registrada há 68 anos.

continua após publicidade

Diversos telescópios estarão disponíveis gratuitamente a partir das 20 horas na praça Nishinomiya, em frente ao aeroporto de Londrina, para que os interessados possam observar o fenômeno. Em caso de mau tempo, o evento será cancelado.

O que é?
A órbita da Lua ao redor da Terra não é um circulo perfeito mas, sim, um pouco "achatada", uma órbita elíptica. Por essa condição, a distância que nos separa de nosso satélite natural acaba variando, indo desde o ponto mais distante, também chamado de apogeu, até o mais próximo, denominado ainda de perigeu.

continua após publicidade

 Quando há coincidência entre a fase da Lua Cheia e o perigeu, ou seja, quando a Lua Cheia ocorre justamente quando ela está mais próxima de nós, ocorre o que conhecemos por "Super Lua": ela se mostra ligeiramente maior e com mais brilho.

Com informações do MassaNews