Justiça bloqueia bens de servidora que desviou recursos de autarquia funerária em Londrina - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Londrina

Justiça bloqueia bens de servidora que desviou recursos de autarquia funerária em Londrina

Servidora foi demitida após desvio de recursos da Administração de Cemitérios e Serviços Funerários de Londrina (Acesf) - Foto: N.Com/Divulgação
Foto por
Escrito por DA REDAÇÃO
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Os bens da servidora pública municipal Fabiana Contim Ferreira, demitida da Administração de Cemitérios e Serviços Funerários de Londrina (Acesf) (norte do Paraná), foram bloqueados, em liminar, pelo juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Londrina, Marcos José Vieira, após comprovação de desvio de recursos,. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (21) pelo Judiciário. 

Ela era concursada pela prefeitura e exercia o cargo o cargo de agente de gestão pública. A Promotoria solicita que ela devolva R$ 73,9 mil aos cofres públicos, valor equivalente ao dobro do que  teria desviado do órgão entre março e setembro de 2015.

De acordo com apuração do procedimento administrativo disciplinar por parte da corregedoria do município e em inquérito instaurado pelo Ministério Público, Fabiana ficava com o pagamento de guias de recolhimento emitida em serviços do órgão e não dava baixa no sistema financeiro.

A servidora fazia o atendimento e, depois identificar o serviço buscado pelo usuário, informava o valor e a forma de pagamento. Após emitir a guia em três vias, recebia o dinheiro e vistava os recibos.

Depois de fornecer a primeira via ao usuário, Fabiana extraviava a via que deveria ser encaminhada à contabilidade para não deixar pistas da fraude. Os desvios chegaram a R$ 36.977,76. A servidora se prontificou a ressarcir o valor ao ter um desvio descoberto. Na interpretação do juiz, ela assumiu a responsabilidade pelo desvio.

Com informações do MassaNews

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Justiça bloqueia bens de servidora que desviou recursos de autarquia funerária em Londrina"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Mais Notícias