Londrina

Santa Casa de Londrina ganha unidade exclusiva para transplantes de órgãos

Da Redação ·
A Irmandade da Santa Casa de Londrina (ISCAL) vai inaugurar na terça-feira (6), uma unidade exclusiva para transplantes de órgãos - Foto: Divulgação
A Irmandade da Santa Casa de Londrina (ISCAL) vai inaugurar na terça-feira (6), uma unidade exclusiva para transplantes de órgãos - Foto: Divulgação

A Irmandade da Santa Casa de Londrina (ISCAL) vai inaugurar na terça-feira (6), uma unidade exclusiva para transplantes de órgãos, no Hospital Mater Dei. A unidade dispões oito leitos, dos quais seis são destinados a internação e dois de UTI, além de duas salas cirúrgicas específicas. 

continua após publicidade

Conforme o portal Bonde, foi preciso adequar em um dos andares do hospital para a instalação da unidade, que tem 453 m². Duas salas cirúrgicas também foram preparadas para atender aos casos de transplantes. Com a ampliação, a UTI passa a disponibilizar 12 leitos. No total, o hospital tem 80 leitos.


REFERÊNCIA
Atualmente os transplantes em adultos da ISCAL são realizados no Hospital Santa Casa de Londrina. Os pediátricos são no Hospital Infantil Sagrada Família. O complexo hospitalar é referência no interior do Paraná para transplantes de dois órgãos sólidos - coração e rim. 

continua após publicidade

Na região norte do Estado é o único a realizar transplantes cardíacos. São 368 renais e 55 cardíacos, desde os primeiros em 1985 e 1994, respectivamente.   

TRANSPLANTES RENAIS
A unidade vai priorizar preliminarmente os transplantes renais, que são a maior demanda. A proposta é que, posteriormente, os transplantes cardíacos em adultos da ISCAL também sejam realizados no Hospital Mater Dei.