Suspeito de matar agente penitenciário de Londrina (PR) é preso em SC - TNOnline
Mais lidas

    Londrina

    Londrina

    Suspeito de matar agente penitenciário de Londrina (PR) é preso em SC

      Eduardo Sena Gonçalves, 30 anos, foi preso na semana passada em Florianópolis (SC) - Foto: Polícia Civil
    Foto por Reprodução
    Escrito por da redação
    Publicado em 06.06.2016, 15:04:00 Editado em 06.06.2016, 15:36:20
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    A Polícia Civil prendeu um homem de 30 anos suspeito de ser o autor do assassinato de um agente penitenciário de Londrina, no Paraná. Eduardo Sena Gonçalves, 30 anos, foi preso em Florianópolis (SC) após uma ação conjunta do Núcleo de Inteligência da 10ª Subdivisão Policial de Londrina e da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Florianópolis (SC). 

    Ele é suspeito de assassinar o agente penitenciário Geisel Araújo Palma, 34 anos, na manhã do dia 18/04, no bairro Jardim Fernando em Londrina. O servidor tinha acabado de sair do trabalho, quando foi surpreendido pelos suspeitos. A vítima foi atingida por quatro tiros e morreu antes da chegada da equipe de socorro. 

    Após a morte do agente penitenciário, investigadores da Polícia Civil iniciaram a Operação Salve Geral, com o objetivo de efetuar as prisões de todas as pessoas envolvidas na morte de Palma.Durante a operação, a polícia prendeu, Thiago Mantovani Bezerra, 26 anos; Jean Rodrigues da Silva, 25 anos; Kayke José Elias, 21 anos; Flávio Camilo de Carvalho, 27 anos; Alex Junio dos Santos, 22 anos; Henry Heidi Moryama, 32 anos; Ulisses Wanderley Vaz, 33 anos; Charles de Oliveira Mendes, 32 anos; Gabriel Mendonça, 20 anos, todos suspeito de ter envolvimento no crime. 

    Gonçalves era o único suspeito que permanecia foragido.Para o delegado-titular da delegacia de Londrina, Sebastião Ramos dos Santos Neto, o trabalho incessante dos investigadores foi de grande sucesso. “Todos os suspeitos de envolvimento com o homicídio foram presos, graças ao ótimo trabalho da delegacia de homicídios e do núcleo de investigação”, finaliza Neto. Todos responderão pelo crime de homicídio. Gonçalves responderá ainda pelo crime de tráfico de drogas, devido a um mandado expedido pela 8ª Vara Criminal de Curitiba. Gonçalves foi encaminhado para a Penitenciária Estadual de Londrina, onde está à disposição da Justiça.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Londrina

    Deixe seu comentário sobre: "Suspeito de matar agente penitenciário de Londrina (PR) é preso em SC"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.